Notícias

Ver notícia

Após universalizar o acesso à água potável na cidade, a empresa tem como principal meta a expansão do esgoto em todas as zonas da cidade. 

Universalização do acesso à água tratada, expansão do esgotamento sanitário, relacionamento com a cidade e transformação social por meio do acesso aos seus serviços. Estes são pilares de atuação da Águas de Manaus, desde sua chegada na cidade. Com investimentos no setor, a concessionária colocou Manaus em destaque nacional no quesito saneamento básico. Neste mês, a empresa completou cinco anos de atuação na capital amazonense.

Durante este período, Manaus recebeu investimentos que já ultrapassam R$1 bilhão. Com projetos pioneiros, levou estrutura de abastecimento de água para mais de 200 mil pessoas, garantindo que moradores de áreas vulneráveis como em becos, rip raps e palafitas tivessem, pela primeira vez, acesso a água tratada. 

“Estes investimentos não são apenas na estrutura de nossos serviços, são, principalmente, na melhoria da qualidade de vida dos manauaras. Quando levamos saneamento para uma comunidade, estamos levando saúde, dignidade”, destaca o diretor-executivo da empresa, Celso Paschoal.   

Foram implantados mais de 200 mil metros de rede de distribuição de água em comunidades vulneráveis

Comunidades recém regularizadas e que estão localizadas longe da área central da cidade também foram contempladas. Mais de 200 mil metros de tubulações foram implantados, proporcionando a universalização do serviço que levou saúde e dignidade para esta população. Uma destas comunidades é o João Paulo IV, localizado no bairro Jorge Teixeira.  

“Antes a gente tinha que pegar água na cacimba, era assim que a gente ‘se virava’. Hoje temos água potável nas torneiras, temos comprovante de residência e ainda temos contato direto com a Águas de Manaus para solucionar qualquer tipo de problema. Nossa vida melhorou muito”, conta a dona de casa Noemia Maia, que viveu por anos sem acesso ao saneamento. 

Noemia Maia, moradora da comunidade João Paulo IV

Avanços 

Após garantir a universalização do acesso à água tratada, a Águas de Manaus tem outro grande desafio: a universalização do esgotamento sanitário. A atual cobertura de 26% será ampliada. No segundo semestre, a concessionária apresentará seu plano de expansão do serviço de esgoto, detalhando investimentos e a infraestrutura que será implantada na cidade. Até o fim de 2023, estão previstos a implantação de cerca de 80 mil metros de rede coletora.

O objetivo é implantar sistema de esgoto em toda cidade para cumprir as metas previstas de, até o fim da década, o serviço chegar até 80% da capital. Com isso, o serviço de esgotamento trará impactos positivos, como a melhoria da qualidade de vida das pessoas e dos índices de saúde, além do estímulo ao turismo, valorização imobiliária e a recuperação de áreas de igarapés da cidade. 

Residências em palafitas receberam projeto piloto de esgotamento sanitário

Recentemente, a concessionária levou, de forma inovadora, a estrutura de esgoto para um dos cenários mais conhecidos da capital amazonense: as palafitas. A primeira comunidade a receber o benefício foi o Beco Nonato, no bairro da Cachoeirinha, Zona Sul de Manaus. Técnicos da empresa realizaram visitas ao local para entender a realidade geográfica antes de iniciar a obra pioneira. Com o sistema de coleta de esgoto suspensa, o local hoje vive uma realidade de melhorias tanto na qualidade de vida como em relação ao meio ambiente, que já dá sinais de recuperação. O projeto já alcança outras áreas da cidade. 

“Desde que iniciamos nossas atividades em Manaus, sempre nos preocupamos em levar dignidade e qualidade de vida para os moradores da cidade, que é a maior característica da Aegea. Para o futuro, temos um plano ousado para implantar o sistema de esgotamento sanitário em todas as zonas da cidade e com isso consolidar nossa gestão”, ressalta o diretor-presidente da Águas de Manaus, Diego Dal Magro. 

Responsabilidade social 

Um dos grandes diferenciais da empresa é olhar sensível voltado para a justiça social. Diante disso, Manaus é a capital brasileira com mais pessoas beneficiadas por tarifa social, a Tarifa Manauara. Hoje, são mais de 120 mil famílias assistidas pelo programa, que concede desconto de 50% no valor da tarifa de água e esgoto. 

Em março deste ano, a concessionária lançou, junto com a Prefeitura, o projeto Tarifa 10, destinado à população em condições de extrema vulnerabilidade social. Mais de 17,8 mil famílias beneficiadas pelo projeto, que concede tarifa única no valor de R$10. 

Morada beneficiada pela Tarifa 10

“Levar saneamento para as pessoas também é levar condições para que elas possam pagar pelos serviços. Diante disso nos adequamos à realidade financeira dos moradores, em especial os que vivem em situação de vulnerabilidade e com isso garantimos que todos tenham dignidade”, afirma o gerente de Responsabilidade Social, Semy Ferraz.

Compartilhar:

Veja Também

Teste de Formulário Saiba mais
Teste de Formulário

Notícias Saiba mais
Notícias

Confira as últimas notícias da Águas de Manaus e saiba mais sobre abastecimento, obras, programas e projetos.

Documentos Saiba mais
Documentos

Aqui você encontra relatórios, arquivos e documentos de interesse público da Águas de Manaus.

Águas de Manaus Saiba mais
Águas de Manaus