Notícias

Ver notícia

 

 

Empresa concessionária é uma das poucas do Amazonas com o selo Safeguard, da Bureau Veritas, organização internacional que certifica padrões de qualidade

 

 

 

A Águas de Manaus obteve a certificação Safeguard, selo que garante a presença de equipes altamente treinadas em boas práticas de higiene e segurança para o combate à Covid-19. A Bureau Veritas, organização internacional que certifica padrões de qualidade, auditou e aprovou os protocolos de segurança implementados pela empresa em seu dia a dia.

 

Durante uma semana, auditores da Bureau Veritas visitaram as instalações da empresa, verificando a sinalização dos ambientes, orientações sobre higienização pessoal e dos espaços, uso correto de equipamentos de segurança, regras de distanciamento social, treinamento das equipes, planos de controle e de prevenção à doença. A certificação é nova e surgiu como uma demanda social provocada pelo novo coronavírus, para o qual ainda não há vacina e nem tratamento específico. Poucas empresas no Norte do país obtiveram o selo e a Águas de Manaus é uma delas.

 

A sede administrativa da concessionária, no bairro do Aleixo, foi um dos locais que recebeu o selo Safeguard. Na sede, os colaboradores trabalham em sistema de revezamento e home office desde a confirmação dos primeiros casos da doença no Amazonas. A loja central e todos os pontos de atendimento presencial seguem fechados para atendimento ao público. Desde março, a Águas de Manaus atende apenas por meio de seus canais digitais, que foram reforçados.

 

A Bureau Veritas considera quatro prioridades na concessão de selos: condições seguras de trabalho para os colaboradores, a garantia destas condições para clientes e consumidores finais, a conformidade com a legislação local e consistência da aplicação e abordagem da empresa nestes processos.  Os auditores atestaram que a Águas de Manaus atende todas essas exigências e padrões. “O selo Safeguard vem contemplar as boas práticas que a empresa vem desenvolvendo e, com certeza, é um diferencial, por que não são só boas práticas implementadas, mas verificadas por uma certificadora externa que fez confirmou que, de fato, todas essas medidas são funcionais e garantem um ambiente seguro”, explica a coordenadora de EHS da Águas de Manaus, Juliana Bard.

 

Colaboradores tem álcool em gel disponível em todas as unidades da concessionária. Uso de máscaras é obrigatório.

Para o diretor-executivo da Águas de Manaus, Luiz Couto, a certificação reforça os cuidados que a empresa tem tomado com seus colaboradores e clientes desde o início da pandemia. “A saúde é a nossa principal preocupação no momento. Prestamos um serviço essencial e não podemos parar nossas atividades. No entanto, estamos fazendo tudo com o cuidado que o momento exige, sem descumprir as medidas de proteção. Boa parte das nossas equipes ainda trabalham em home office e quem está nas ruas, recebe todos os EPI´s e orientações. Para o público, os atendimentos aos clientes seguem apenas nos canais virtuais. Fizemos até uma campanha de negociação recente, só utilizando os canais digitais. Mesmo sem previsão de normalizar a circulação de pessoas em nossos ambientes ou reabrir a loja, buscamos o selo Safeguard. A certificação é uma prova da efetividade dos esforços da empresa em preservar colaboradores e a população da cidade”, declarou o diretor-executivo.

 

PLANO DE AÇÕES – Desde que o estado de pandemia foi decretado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), em 13 de março, a Águas de Manaus criou um comitê interno de combate ao novo coronavírus. Os integrantes dessa equipe orientam todos os funcionários internos e externos sobre o enfrentamento à doença, seguindo o parâmetro recomendado às outras empresas do grupo Aegea nos 12 estados brasileiros onde atua.

 

O saneamento básico, que contempla o abastecimento de água à população e tratamento de esgoto é um serviço essencial, por isso as atividades da empresa não foram totalmente suspensas durante a pandemia. Colaboradores que atuam em atividades externas e operacionais, como leituristas e agentes de saneamento, receberam Equipamentos de Proteção Individual como máscaras e álcool em gel. Além disso, o reforço às boas práticas de higiene passou a fazer parte do cotidiano dos colaboradores da Águas de Manaus.

 

Para os colaboradores que atuam internamente, em funções administrativas, a concessionária adotou o home office, reuniões por videoconferência e o revezamento de equipes nos ambientes de trabalho. Toda a sinalização nos ambientes comuns foi reforçada. O uso de máscara e o distanciamento adequado na empresa são obrigatórios. Os colaboradores dos grupos de risco, como idosos, gestantes e portadores de doenças crônicas tiveram acompanhamento especial.

 

A capacidade máxima de pessoas de acordo com a área de cada ambiente foi limitada. A circulação nos ambientes da empresa também foi restringida, para evitar aglomerações. Todas as pessoas que entram em qualquer dependência da Águas de Manaus, precisam ter a temperatura corporal aferida.

 

ATENDIMENTO VIRTUAL – Desde o dia 19 de março, a Águas de Manaus suspendeu por tempo indeterminado os atendimentos presenciais em seus oito pontos físicos na cidade. A medida segue as recomendações do Ministério da Saúde, para evitar aglomerações de pessoas e conter o avanço do novo coronavírus. Por isso a empresa vem pedindo que os clientes procurem os canais virtuais de atendimento (SAC, Whatsapp e Agência Virtual), que estão sendo reforçados para atender todas as demandas.

 

 

Parte dos colaboradores ainda está em home office. Na sede da empresa, distanciamento entre baias foi adotado para garantir a proteção dos funcionários que precisam atuar presencialmente  

 

 

Novo coronavírus – A Covid-19 é a doença infecciosa e sistêmica causada por um novo tipo de coronavírus identificado pela primeira vez em dezembro de 2019, em Wuhan, na China. Os sintomas mais comuns são febre, cansaço e tosse seca, mas algumas pessoas infectadas não apresentam sintomas. Cerca de 80% dos doentes se recuperam sem precisar de tratamento, mas uma em cada seis pessoas pode ficar gravemente doente e desenvolver dificuldade para respirar. As pessoas idosas e as que têm outras condições de saúde como pressão alta, problemas cardíacos ou diabetes, têm maior probabilidade de desenvolver doenças graves. Para evitar a Covid-19, a OMS recomenda lavar as mãos com água e sabão ou higienizador à base de álcool; manter pelo menos um metro de distância entre qualquer pessoa que esteja tossindo ou espirrando; evitar tocar nos olhos, nariz e boca; ficar em casa se não se sentir bem. Hoje, existem pelo menos dez vacinas em desenvolvimento para imunização da população, mas a perspectiva é que elas levem pelo menos dois anos para chegar ao mercado de maneira segura. Enquanto isso, as autoridades em saúde recomendam o distanciamento social, uso de máscara e boas práticas de higiene para evitar a infecção.

 

Compartilhar:

Veja Também

Responsabilidade Social Saiba mais
Responsabilidade Social

A atuação social e ambientalmente responsável faz parte da nossa história e do nosso propósito.

Quem Somos Saiba mais
Quem Somos

A Águas de Manaus é responsável pelos serviços de abastecimento de água, coleta e tratamento de esgoto de Manaus.

Comunicados Saiba mais
Comunicados

Fique por dentro das obras, manutenções e paradas programadas realizadas pela Águas de Manaus.

Política de Sustentabilidade Saiba mais
Política de Sustentabilidade

Respeito ao meio ambiente e as pessoas, contribuindo para qualidade de vida e saúde da população onde atuamos.