Notícias

Ver notícia

Christin, Christian e Luiz Fernando são alguns dos estrangeiros que fazem parte do quadro de colaboradores da Águas de Manaus.

Há 11 anos, o haitiano Christin Mardi saiu do país de origem para tentar uma nova vida em Manaus. Assim como para milhares de conterrâneos que migraram para as cidades brasileiras desde 2010, a busca por um recomeço era necessária. Em 2020, ele começou a escrever uma nova história em sua vida profissional, levando à população da capital amazonense dignidade e acesso a uma vida mais saudável com a chegada da água tratada.

Christin iniciou na Águas de Manaus atuando na equipe do Vem Com a Gente, programa de relacionamento que realizou ligações de água e ajudou a cidade a avançar rumo à universalização do serviço, alcançada em 2022. Hoje, ele integra a equipe de Eficiência Operacional da concessionária, com foco no mapeamento da estrutura operacional da empresa, por meio do programa Infra Inteligente, e na medição da pressão da água.

“Sempre trabalhei como guia turístico. Estava na República Dominicana, mas, depois do terremoto de 2010 no Haiti, ficou mais complicado conseguir emprego. Quando cheguei em Manaus, gostei do clima, do povo, da cultura. No meu primeiro emprego, cheguei sem saber falar nada de português, mas as pessoas tiveram muita paciência. Depois fui para o Sul, mas acabei voltando para cá e entrei na Águas de Manaus. Sou muito agradecido à empresa e estou aproveitando cada oportunidade”, conta Christin, que formou família em Manaus.

“Tenho muita gratidão em saber que existe um projeto de melhoria da qualidade de vida das pessoas. Fazer bem para os outros é uma coisa que não tem preço. Tenho a oportunidade de entrar na vida das pessoas e fazer a diferença com algo tão importante, que é o saneamento básico”, sintetiza.

Equipes cada vez mais plurais
A busca por oportunidades em uma terra nova também motivou a vinda dos venezuelanos Luiz Fernando Ruiz e Christian Alexander Zambrano. Os dois integram a equipe de manutenção de água da concessionária. Na empresa há dois anos, Luiz Fernando lembra que se mudou para Manaus para acompanhar a irmã, que já morava na capital amazonense.

“Na Venezuela, eu estudava Engenharia Informática, mas, devido a problemas financeiros, precisei parar o curso para trabalhar. Já trabalhei em uma construtora de apartamentos, com mecânica de carros, refrigeração, mas nunca tinha feito nada com saneamento básico. Aproveitei a oportunidade e, graças a Deus, com meu desempenho, fui crescendo. Vim para Manaus porque queria um futuro melhor para a minha família, para a minha esposa e a minha filha. Consegui trazer as duas. Praticamente me considero brasileiro já. Todo dia aprendo uma coisa nova”, diz.

Assim como o colega, Christian também precisou interromper os estudos por questões financeiras, quando ainda morava na terra natal. “Eu era professor de matemática e também fazia Engenharia Civil, mas não consegui terminar. Tomei a iniciativa de sair do país, principalmente para tentar um salário digno, uma vida mais digna”, relata.

Após começar trabalhando como terceirizado, ele foi contratado pela Águas de Manaus para atuar na fiscalização, e, com o surgimento de uma vaga na manutenção de água, resolveu se candidatar e acabou conseguindo o posto. Christian conta que o contato com a população nas ações do dia a dia tem lhe dado, cada vez mais, a sensação de pertencimento à cidade.

“Oferecemos dignidade às pessoas e temos o contato pleno com o povo de Manaus, podemos conhecer a realidade da população. Na fiscalização, visitamos as casas, entendemos como cada família vive. Na área de manutenção, sabemos que nosso serviço tem um fim muito importante. Cada obra que a gente faz na manutenção pesada toca muitas vidas direta e indiretamente, porque água toca todas as vidas possíveis”, acrescenta.

A integração de equipes cada vez mais plurais é uma realidade do grupo Aegea, que atua na capital amazonense por meio da Águas de Manaus. A concessionária atua com base na agenda ESG, sigla que significa “Governança Ambiental, Social e Corporativa” e que rege o compromisso da concessionária em aumentar, cada vez mais, o seu quadro de mulheres, pessoas negras e indígenas. Isso rendeu à concessionária, por três anos seguidos (2020, 2021 e 2022), menções na lista de “Lugares Incríveis para Trabalhar 2022”, premiação organizada pelo portal UOL e Fundação Instituto de Administração (FIA).

“Estamos de portas abertas para toda a população e queremos construir equipes com sensibilidade às necessidades e especificidades de cada região da cidade. Temos muito orgulho do trabalho desempenhado pelo Christian, pelo Luiz e pelo Christin, e esperamos vê-los com pleno crescimento, assim como todos os que buscam Manaus como uma terra de segundas chances”, aponta o Relações Institucionais da empresa, Semy Ferraz.

Compartilhar:

Veja Também

Revista Aegea Saiba mais
Revista Aegea

Faça o download da Revista Aegea e fique por dentro das novidades que acontecem na empresa.

Esgotamento Sanitário Saiba mais
Esgotamento Sanitário

A Águas de Manaus trabalha 24h por dia para ampliar e melhorar o saneamento da cidade.

Contato Saiba mais
Contato

A Águas de Manaus oferece um canal de comunicação eficiente. Entre em contato conosco.

Quem Somos Saiba mais
Quem Somos

A Águas de Manaus é responsável pelos serviços de abastecimento de água, coleta e tratamento de esgoto de Manaus.