Notícias

Ver notícia

Agendamentos podem ser feitos por e-mail, com 15 dias de antecedência da data da visita.

 

A Estação Fonte do Saber iniciou a agenda de visitação para 2023. Localizado na sede da Águas de Manaus (Avenida André Araújo, 1981, Aleixo), o projeto é voltado para a educação ambiental e apresenta o ciclo da água em um ambiente que simula um laboratório de ciências.

Escolas e instituições que tiverem interesse em agendar visitas ao espaço podem enviar e-mail para [email protected]. Todas as visitas devem ser agendadas com 15 dias de antecedência. O acesso à Fonte do Saber é gratuito.

Nessa terça-feira (28), um grupo de mães e filhos participou da primeira visita do ano. A ideia partiu da professora de Ciências Quézia Ribeiro Fonseca, que já conhecia o trabalho realizado pela concessionária com o projeto “Portas Abertas”, que leva estudantes a partir de 12 anos para conhecer as Estações de Tratamento de Água (ETA) e Esgoto (ETE) operadas pela empresa.

“Tenho um filho de nove anos e, pela idade, ele não poderia ir no Portas Abertas. Aí resolvi formar um grupo junto com outras mães que frequentam a mesma igreja que eu para trazermos as crianças à Fonte do Saber. É muito importante oferecer essa forma de aprender, diferente, e abrir o espaço da empresa para as crianças. Elas absorvem o conteúdo com facilidade, entendem que não se pode poluir o meio ambiente, que não se pode jogar lixo nas ruas, porque prejudica os rios e igarapés… As crianças vão passando o conhecimento umas para as outras, e, quando adulta, repassam pras próximas gerações”, afirma a professora da rede municipal de ensino.

O filho de Quézia, Isaque, gostou do que viu na Estação. Ele se encantou com os itens expostos no local. “Gostei desse negócio que gira a água”, disse, referindo-se ao vórtex, instrumento de tratamento de esgoto. “Temos que saber que não pode contaminar a água, ou podemos ficar doentes”, acrescenta o menino.

Primeiro museu interativo de ciências da capital amazonense, a Fonte do Saber leva os visitantes a uma série de espaços, começando por um panorama do real volume de água doce existente no planeta e do volume disponível para consumo humano. No local, os grupos também têm a oportunidade de conhecer as diferenças  entre as redes de água tratada, de esgoto e de água pluvial, com equipamentos que remetem aos processos utilizados no tratamento dos efluentes.

Além disso, a visita conta com simulações que ajudam na compreensão sobre o consumo de energia nas unidades de tratamento de água e esgoto. Os visitantes também têm a oportunidade de assistir a palestras com foco em educação ambiental e de participar em ações interativas, que mostram a importância da população na preservação da vida no planeta, e como essa contribuição se dá nas atividades do dia a dia.

“Trabalhar a educação ambiental desde cedo é uma das missões mais importantes que temos. A Fonte do Saber está aberta para grupos de todas as idades, mas acabamos recebendo muitas escolas, com crianças, e isso é muito gratificante, porque há uma atenção diferenciada, há um interesse porque tudo é novo. Esse projeto iniciou no ano passado com esse objetivo de despertar o olhar para a sensibilização ambiental por meio do lúdico”, explica Semy Ferraz, Relações Institucionais da Águas de Manaus.

Compartilhar:

Veja Também

Legislação e Tarifas Saiba mais
Legislação e Tarifas

Os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário implicam em custos e investimentos permanentes.

Documentos Saiba mais
Documentos

Aqui você encontra relatórios, arquivos e documentos de interesse público da Águas de Manaus.

Teste de Formulário Saiba mais
Teste de Formulário

Politica de Inv. Social Privado Saiba mais
Politica de Inv. Social Privado

Uma concessão é muito mais que um acordo com o poder público, é um compromisso com o lugar e com sua gente.