Notícias

Ver notícia

Projetos premiados serão anunciados nesta terça-feira (22).

A busca por soluções para o saneamento básico de Manaus também movimenta as gerações mais novas. Pensando nisso, uma parceria inédita entre a Águas de Manaus e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) resultou em uma maratona que reuniu dezenas de jovens com idades entre 16 e 24 anos, com a apresentação de projetos voltados para comunidades vulneráveis.

O “Ajurí das Juventudes” (Youth Challenge) foi realizado no último fim de semana, com participação de mais de 50 jovens. Divididos em grupos, eles visitaram e idealizaram projetos para as comunidades de Itaporanga, Beco do Nonato e Catalão, que são respectivamente de terra firme, palafita e flutuante. 

A imersão teve como objetivo promover o desenvolvimento de competências e habilidades para preparar os jovens para uma transição positiva para economia verde. Com foco em capacitar adolescentes e jovens sobre os desafios relacionados aos temas abordados, conectá-los a empregos na economia verde, apoiar empreendedores sociais e ampliar o repertório dos participantes sobre as questões climáticas, biodiversidade e meios de subsistência sustentáveis.

Em Itaporanga e no Beco Nonato, os jovens puderam conhecer o trabalho da concessionária, com a implantação de redes de água e, no caso do segundo, o projeto inovador que irá levar esgoto pela primeira vez a uma área de palafita.

“Um evento como o Ajurí das Juventudes nos motiva a novos desafios e traz ideias importantes para conhecermos a situação das pessoas que moram em flutuantes, palafitas e até em terra firme, para buscarmos avançar no saneamento básico nessas comunidades. Precisamos de uma cidade para todos, onde possam ter acesso a serviços essenciais à vida”, declarou Semy Ferraz, gerente de responsabilidade social da Águas de Manaus. 

“Ajurí das Juventudes”

Durante os três dias, os participantes puderam trocar experiências com mentores, bem como vivenciar experiências de imersão nas comunidades Itaporanga, Beco do Nonato e Catalão, que são respectivamente de terra firme, palafita e flutuante, para que pudessem observar a realidade desses locais, bem como ampliar suas percepções, para refletirem e proporem soluções para o acesso ao saneamento básico.

“O Ajurí das Juventudes é um meio de buscar inovação através do engajamento e participação de adolescentes e jovens em iniciativas que os conectem com a realidade, seja do município ou do seu estado.  A maratona foi pautada por uma temática urgente que são as mudanças climáticas, mas com a vertente de água, saneamento e higiene. Essa é uma agenda que intersecciona todas as outras iniciativas, como o Selo UNICEF, por meio dos Núcleos de Cidadania dos Adolescentes, os (NUCAs), e Agenda Cidade”, explicou Rayanne França, Oficial de Desenvolvimento e Participação de Adolescentes do UNICEF Brasil.

Como resultado da imersão, os participantes produziram os seguintes projetos: 1) equipe Flutua Catalão – captação e tratamento adequado das águas pluviais e fluviais para que fiquem adequadas ao consumo; 2) equipe Apoena – desenvolver um centro criativo de materiais reutilizáveis na comunidade do Itaporanga, com horta comunitária utilizando resíduos orgânicos produzidos pela própria comunidade; 3) equipe Palafitas Mao – Projeto social com moeda sustentável para revitalização ambiental do Beco do Nonato; 4) equipe Sankofa – dimensionar um sistema de tratamento de esgoto doméstico; 5) equipe Ifamnáticos – Filtragem da água para se tornar potável por meio de peneiras artesanais e uso de carvão ativado feito de sementes de açaí, tucumã, casca de coco e cascas de castanha-do-pará; 6) equipe TyAnama – fazer um mapeamento eficaz da comunidade do Beco do Nonato para fortalecer o acesso da população a saneamento básico eficiente e com isso gerar dignidade social; 7) Tucupi – utilizar um varas de bamboo para retirar as impurezas da água e deixa-la potável; 8) Palafitados – revitalizar o Beco do Nonato para que se torne um centro histórico patrimonial de palafitas.

A comissão de jurados foi formada por representantes da Águas de Manaus, UNICEF e Fundação Rede Amazônica. O anúncio dos três projetos vencedores ocorrerá nessa terça-feira, 22, no Palácio Rio Negro. 

Sobre o Youth Challenge ou Desafio Jovem

O Youth Challenge, tem por objetivo promover o desenvolvimento de competências e habilidades para preparar os jovens para uma transição positiva para economia verde. Com foco em capacitar jovens sobre os desafios relacionados aos temas abordados, conectá-los a empregos na economia verde, apoiar empreendedores sociais e ampliar o repertório dos participantes sobre as questões climáticas, biodiversidade e meios de subsistência sustentáveis.

Compartilhar:

Veja Também

Comunicados Saiba mais
Comunicados

Fique por dentro das obras, manutenções e paradas programadas realizadas pela Águas de Manaus.

Acesso Rápido Saiba mais
Acesso Rápido

Política de Sustentabilidade Saiba mais
Política de Sustentabilidade

Respeito ao meio ambiente e as pessoas, contribuindo para qualidade de vida e saúde da população onde atuamos.

Contato Saiba mais
Contato

A Águas de Manaus oferece um canal de comunicação eficiente. Entre em contato conosco.