Mais 1,2 mil pessoas recebem serviço de elevação da rede de água em áreas impactadas pela cheia do rio Negro, em Manaus

Postado por Aegea Manaus em 26/maio/2022 - Sem Comentários

Obras realizadas pela Águas de Manaus em regiões de vulnerabilidade já elevaram mais de 2.000 mil metros de rede de distribuição, garantindo água tratada para os moradores

 

Em época de cheia, moradores de áreas vulneráveis de Manaus, que vivem em becos, palafitas e rip-raps, sofrem com a subida das águas do rio Negro e famílias inteiras precisam se adaptar a uma nova rotina. Para diminuir os impactos gerados pelo fenômeno natural, a Águas de Manaus trabalha, desde o mês passado, em um pacote preventivo de obras para elevar tubulações que distribuem água tratada. Mais de 1,2 mil pessoas já foram contempladas.

Até o momento, pessoas que moram em regiões propícias ao alagamento como no bairro de Educandos, Cachoeirinha, Glória, Centro e São Jorge, já foram beneficiadas pela ação. Mais de 2.000 metros de tubulações foram trocadas por uma estrutura mais elevada para evitar qualquer tipo de contaminação.

Nas últimas semanas, o mutirão esteve na região do São Jorge. Somente no bairro, mais de 400 metros de rede de água foram elevados ou substituídos, assegurando água de qualidade para cerca de 300 pessoas, entre crianças, adultos e idosos.

“Estamos empenhados em dar assistência a estas famílias. Desde que iniciamos este trabalho já conseguimos garantir que famílias inteiras continuem recebendo água potável. É um trabalho difícil, visto que, em muitos locais o acesso é precário, mas a nossa meta é levar saúde para estas pessoas e não medimos esforços para isso”, destacou o gerente de Serviços, Felipe Poli Romero.

As elevações são provisórias. Após a vazante, a concessionária implantará uma nova estrutura nestas regiões.

Qualidade de vida

A Águas de Manaus mantem um rigoroso controle de qualidade na água que produz. Diariamente são realizados uma média de 800 testes para garantir que a água esteja dentro dos padrões estabelecidos pelo Ministério da Saúde, ou seja, que a água fornecida pela concessionária possa ser ingerida diretamente da torneira pelos manauaras.

Com a elevação da estrutura das redes de distribuição, a empresa evita o contato das tubulações com a água contaminada do rio e ainda facilita o trabalho de manutenção das equipes que atuam diariamente nas ruas de Manaus.

Além de levar dignidade e água tratada para esta população vulnerável, a Águas de Manaus também incluiu os moradores no programa Tarifa Manauara, que concede desconto de 50% no valor das faturas. Atualmente 90 mil famílias estão inscritas no programa e a meta é chegar aos 100 mil nos próximos meses. “Quando visitamos estas pessoas percebemos que elas necessitam de uma atenção especial. Diante disto, temos a preocupação social. Não é apenas sobre levar água, é sobre dar dignidade a estas pessoas”, frisou o diretor-presidente da concessionária, Thiago Terada.

PREVENÇÃO: Tubulações de água em áreas impactadas pela cheia do rio Negro são elevadas para garantir água potável aos moradores

Postado por Aegea Manaus em 02/maio/2022 - Sem Comentários

Trabalho realizado pela concessionária Águas de Manaus beneficia moradores que vivem em regiões de palafitas e rip-rap da capital

 

O bairro de Educandos, um dos mais antigos e tradicionais de Manaus, é também um dos mais impactados anualmente pela cheia do rio Negro, já que parte das moradias estão situadas na orla do bairro. Neste ano, as projeções indicam que as águas do rio Negro podem chegar a um novo índice histórico. Para garantir que moradores da orla do Educandos e de regiões semelhantes recebam água tratada, a concessionária montou uma força-tarefa de obras para elevar as tubulações que abastecem estes locais.

Além de facilitar os trabalhos de manutenção das equipes da concessionária, a ação preventiva afasta a possibilidade de que as águas do rio entrem em contato com a rede, evitando qualquer tipo de contaminação. Desta forma, a empresa garante que as pessoas que vivem em situação de vulnerabilidade recebam água potável, dentro dos padrões de qualidade estabelecido pelo Ministério da Saúde, mesmo com as adversidades causadas pela cheia.

Até o momento já foram elevados 600 metros de rede de abastecimento no Educandos, garantindo água para cerca de 100 residências e beneficiando uma população de mais de 500 pessoas, entre crianças, adultos e idosos. O pacote de obras foi iniciado há cerca de 15 dias.

De acordo com o gerente de serviços, Felipe Poli Romero, a força-tarefa vai acompanhar todo o movimento da cheia e vazante do rio. “Já temos os locais que são mais atingidos pela cheia todos mapeados. O trabalho preventivo já vai garantir que estas pessoas continuem recebendo saúde em suas casas. Quando rio baixar, a empresa irá fazer uma nova estrutura de abastecimento”, explicou.

Além do Educandos, outros bairros também serão beneficiados pelo serviço, sendo a maioria deles compostos por famílias que vivem em becos, vielas, escadões e palafitas. Todas são regiões que receberam estrutura de abastecimento regular nos últimos três anos, quando a Águas de Manaus implantou mais de 150 mil metros de tubulações de água em locais de vulnerabilidade.  “Quando chegamos na cidade, muitas casas nesses locais não tinham acesso a água tratada. Desde que implantamos redes de água nestas regiões, a qualidade de vida melhorou e as famílias também tiveram impactos positivos na saúde, com a redução de doenças hídricas e na dignidade”, relatou o gerente de serviços.

Fatura com 50% de desconto – Além de água tratada, os moradores de áreas vulneráveis também são beneficiados na Tarifa Manauara, que concede 50% de desconto no valor das faturas para famílias de menor renda. De 2018 até 2022 a concessionária ampliou o número de beneficiários, passando de 22 mil para 86 mil famílias alcançadas. A meta é atender 100 mil famílias, que é o equivalente a 500 mil pessoas e transformar Manaus na capital brasileira com a maior parcela de população beneficiada com a Tarifa Social.