Arquivo de maio 31America/Sao_Paulo 2019

Clientes da Águas de Manaus já podem agendar dia e hora para serem atendidos nas lojas da concessionária

Postado por Aegea Manaus em 31/maio/2019 - Sem Comentários

 

Já é possível agendar atendimentos para resolver qualquer tipo de pendência relacionada aos serviços de água e esgoto em Manaus, com hora marcada. A Águas de Manaus está lançando o serviço de agendamento para atendimento pessoal nas lojas da concessionária, com o objetivo de evitar filas e facilitar o acesso aos serviços oferecidos pela empresa aos seus clientes. O agendamento pode ser feito no site da concessionária www.aguasdemanaus.com.br, na aba “agendamento”, localizada no topo da página.

No site, o cliente deve primeiramente escolher o serviço que deseja. É possível solicitar troca de titularidades, nova ligação de água ou esgoto, religação, vistoria, mudança na data de vencimento, parcelamento de débito, revisão da fatura, análise de consumo e o cadastro na tarifa social. O consumidor, então, deve preencher o formulário de identificação com dados como o CPF, matrícula, telefone e nome completo. Depois, escolhe a loja onde deseja ser atendido, a melhor data e horário.

 

O atendimento por agendamento está disponível para as lojas da Águas de Manaus no Centro (Rua Leonardo Malcher, 1237) e nos PAC’s Sumaúma (Cidade Nova), Compensa, São José e Alvorada. O titular da matrícula ou o representante legítimo (sendo neste último caso, necessário apresentar documentos que permitam juridicamente esta ação) deve comparecer no dia e hora do atendimento agendado e caso sua senha seja chamada 3 vezes, sem confirmação de presença, a mesma será cancelada. Vale destacar que não é possível adicionar outros serviços durante o atendimento na loja.

CANAIS DE ATENDIMENTO – A Águas de Manaus também disponibiliza canais de atendimento 24h por dia, através do SAC 0800 092 0195, na agência virtual, também localizada no site da empresa e no aplicativo Águas APP, disponível para download nas versões “Android” e “IOS”, onde os clientes podem fazer solicitação de demandas diversas.

Supermercado no Centro da cidade utilizava ligação irregular de água para abastecer açougue e cozinha

Postado por Aegea Manaus em 23/maio/2019 - Sem Comentários

Um supermercado localizado nas proximidades da Praça da Matriz, no Centro de Manaus, foi flagrado com uma ligação irregular de água. Após receber denúncias sobre o suposto furto, a concessionária Águas de Manaus foi até o local na última quarta-feira (22) e após uma inspeção, encontrou um desvio (by pass) na rede de abastecimento de água tratada do estabelecimento. A ação foi uma parceria entre a empresa e a Polícia Civil, através da Delegacia Especializada em Combate a Furtos de Energia, Água, Gás e Serviços de Telecomunicações (DECFS) e da perícia do Instituto de Criminalística do Amazonas.

A água desviada abastecia áreas como açougue, lanchonete e a cozinha do estabelecimento comercial. A equipe da Águas de Manaus realizou testes de pressão, vazão e com reagentes químicos como o flúor, que comprovaram que a água do local era fornecida pela concessionária. O supermercado não possui poço artesiano ou outro sistema independente de abastecimento. O estabelecimento ainda possui um débito de R$ 180 mil com a Águas de Manaus.

A ligação irregular foi cortada e o supermercado recebeu uma Notificação de Infração de Ligação de Água (NILA). O gerente do estabelecimento foi conduzido pela Polícia Civil até a DECFS para prestar esclarecimentos. Posteriormente, o proprietário do local foi notificado pela Polícia a também comparecer a DECFS e a um posto de atendimento da Águas de Manaus para negociar o débito e regularizar a situação do estabelecimento.

Estabelecimento possuía um desvio (by pass) para fraudar o consumo de água

 

Quem comete esse tipo de irregularidade pode ser enquadrado no Código Penal Brasileiro pelo crime de furto. Segundo o Artigo 155, a punição prevista para esse tipo de crime é de um a quatro anos de prisão, além de multa. A postura da Águas de Manaus, no entanto, é a de sempre buscar a regularização do cliente. Ao se comprovar a fraude, é feita eliminação da mesma e a normalização da ligação. O proprietário do imóvel, então é encaminhado ao ponto de atendimento da concessionária mais próximo, para que possa renegociar seus débitos.

 

PARCERIA CONTRA PERDA DE ÁGUA- Semanalmente, a Águas de Manaus realiza ações que acontecem em parceria com a Polícia Civil para combater fraudes e o furto de água pela cidade em locais de grande porte. Estas fiscalizações especiais já conseguiram encontrar irregularidades em centros comerciais, condomínios, postos de gasolina, grandes drogarias, canteiros de obra e até em shoppings. Em 2018, das 90 ações do tipo realizadas pela concessionária, 88 identificaram alguma fraude no fornecimento de água. Para 2019, a meta é realizar pelo menos 150 inspeções nesses locais até o fim do ano.

 

Os principais tipos de fraudes encontradas pelas equipes nestas operações são: desvio de ramal, hidrômetro fraudado, hidrômetro invertido, religação por conta própria, bomba de sucção, ligação clandestina, fornecimento de água a terceiros e lacre violado. Uma ligação fraudada consome, em média, quatro vezes mais do que o consumo normal registrado por uma ligação hidrometrada regular.

 

Além da regularização, a principal meta da Águas de Manaus com as fiscalizações é diminuir os índices de perda de água tratada na capital amazonense. Atualmente, 40% da água produzida pela empresa acaba sendo desperdiçada, principalmente por conta de ligações irregulares. Além de investir em tecnologia e conscientização da população, a concessionária vem intensificando as ações para combater o furto de água pela cidade. “Quando combatemos as fraudes, estamos melhorando o abastecimento na cidade. Uma ligação irregular pode causar problemas como vazamentos, pressão reduzida e comprometer a qualidade da água. A Águas de Manaus quer o melhor para o cliente e para a cidade. Por isso, sempre estamos dispostos a negociar e garantir que o cliente se regularize e nunca mais volte a cometer uma fraude”, explicou Renato Medicis, diretor-presidente da concessionária.

 

CANAIS DE DENÚNCIA – Além das fiscalizações de rotina nas ruas, a concessionária também recebe denúncias de ligações clandestinas em seus canais oficiais de relacionamento com o cliente, através do telefone 0800 092 0195 e na agência virtual, disponível no site www.aguasdemanaus.com.br e no aplicativo Águas APP.

Serviços gratuitos para clientes da Águas de Manaus serão disponibilizados no “Dia D” da Defensoria Pública

Postado por Aegea Manaus em 22/maio/2019 - Sem Comentários

 

Atendimentos voltados para a resolução de pendências com os consumidores de serviços de água e esgoto na capital amazonense, serão disponibilizados nos dias 23 e 24 de maio, durante o “Dia D”, ação promovida pela Defensoria Pública do Estado do Amazonas, em parceria com diversos órgãos e empresas, entre elas, a concessionária Águas de Manaus. O evento será realizado na Arena da Amazônia, no bairro Flores, zona Centro-Sul de Manaus.

 

Durante a ação, a concessionária Águas de Manaus pretende resolver demandas de clientes junto com a Defensoria do Consumidor, oferecendo o serviço de mediação de acordos já judicializados por meio da Defensoria Pública do Amazonas. A estimativa é de que pelo menos 150 casos possam ser atendidos nos dois dias de evento. Além dos atendimentos para efetivação dos acordos, a empresa também estará à disposição com equipes para fazer renegociação de débitos e atendimentos diversos como mudança de titularidade de contas, solicitação de novas ligações, cadastro na tarifa social e outros. Os atendimentos na Arena da Amazônia ocorrerão de 8h às 17h no dia 23 e de 8h às 14h, no dia 24 de maio.

 

De acordo com a Defensoria Pública do Estado do Amazonas, os serviços serão oferecidos para homens e mulheres cuja renda familiar seja de até cinco salários mínimos e/ou renda pessoal de até três salários mínimos. O “Dia D” acontece em alusão ao Dia do Defensor Público, (comemorado no dia 19 de maio) e ainda vai disponibilizar diversos serviços para quem comparecer ao local, numa iniciativa que vai reunir defensores e servidores de 29 áreas diferentes de atuação, além dos órgãos parceiros, como a Águas de Manaus.

 

ZERA DÍVIDA – Outra ação de relacionamento com os clientes da Águas de Manaus que vem ocorrendo nesta semana é segunda edição da campanha ‘Zera Dívida’. Ela começou no dia 20 e vai até 31 de maio. A campanha é voltada para renegociação de débitos, oferecendo parcelamentos flexíveis que chegam a 120 vezes. Os atendimentos acontecem na loja de atendimento da Águas de Manaus, na Avenida Leonardo Malcher, no Centro, e nos PAC’s localizados, de 8h às 17h. Também haverá atendimento na loja Central da Águas de Manaus aos sábados, de 8h às 13h. Serviços como cadastro na tarifa social, troca de titularidade, solicitação de instalação de hidrômetro, pedido de manutenções de rede e novas ligações, também podem ser solicitados durante a campanha.

Águas de Manaus entrega novo reservatório que beneficia mais de 100 mil pessoas

Postado por Aegea Manaus em 22/maio/2019 - Sem Comentários

Mais de 100 mil pessoas estão sendo beneficiadas com o novo reservatório de água inaugurado nesta terça-feira, 21/5, no bairro Jorge Teixeira, zona Leste de Manaus. Este é o primeiro de cinco reservatórios que serão inaugurados até o mês de julho pela concessionária Águas de Manaus, em conjunto com a Prefeitura. Os outros quatro serão entregues nos bairros da Compensa, Cidade Nova, Cidade de Deus e Colônia Santo Antônio e aumentarão em 30 milhões de litros a capacidade de reserva. Se este volume fosse colocado em caixas d’água de 500 litros, 60 mil caixas poderiam ser abastecidas.

O novo reservatório, com 18 metros de altura, possui a capacidade de armazenar 7,5 milhões litros de água. Ele soma-se a outro construído no mesmo terreno, da rua Alecrim, com capacidade para 5 milhões litros. Assim, a capacidade de reserva na região vai mais do que dobrar, sendo suficiente para atender aos moradores da área.

As obras vão beneficiar diretamente 107 mil pessoas na zona Leste de Manaus, ampliando a reserva de água tratada e reduzindo oscilações no sistema de abastecimento e na pressão de água da região. As novas unidades de reserva da Águas de Manaus ainda devem facilitar a implantação de expansões de redes na área.

“Uma obra dessas traz segurança à população. Nós podemos fazer a manutenção de forma adequada, podemos lidar com as intercorrências de problemas elétricos. Nós podemos garantir que tenha água na casa das pessoas, 24 horas por dia, isso traz a garantia de um abastecimento constante”, explicou o diretor-presidente da Águas de Manaus, Renato Medicis.

 

Prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto e o Diretor-Presidente da Águas de Manaus, Renato Medicis, inauguram novo reservatório do Jorge Teixeira (Foto: Alex Pazuello/Semcom)

“Nós estamos pensando no futuro. Estamos pensando a médio e longo prazos. Hoje, há sobra de água, mas trabalhamos preventivamente e temos mais quatro reservatórios para inaugurar nos próximos meses. Estamos estudando um cronograma para o segundo semestre deste ano e para 2020”, disse o Prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, que participou da entrega do reservatório, apontando, ainda, fortes avanços no abastecimento de água da cidade. “Manaus também tem avançado em relação a implantação de redes de tratamento de esgoto, tanto com a inversão de metas e investimentos no contrato, estabelecendo o ano de 2030 como marco para a cobertura de 80% dos domicílios de Manaus. A Águas de Manaus está atuando com grande esforço para cumprir tudo o que foi acordado”, disse o Prefeito.

OUTRAS QUATRO UNIDADES – A unidade do Jorge Teixeira é a maior entre os cinco novos reservatórios que estão sendo construídos pela concessionária Águas de Manaus na capital. Os reservatórios da Cidade Nova (7 milhões de litros) e Compensa (5 milhões de litros) já foram interligados ao sistema de abastecimento e devem ser os próximos a serem inaugurados. As obras na Colônia Santo Antônio (7,5 milhões de litros) e Cidade de Deus (5 millhões de litros) estão em andamento. Juntos, os cinco reservatórios vão aumentar a capacidade de reserva de água tratada na cidade em 30 milhões de litros, ajudando a melhorar o abastecimento na capital. Atualmente, Manaus possui 182 reservatórios, que comportam 226 milhões de litros.

 

Reservatório é a maior entre as novas unidades que estão sendo construídas pela Águas de Manaus na cidade e mede 18 metros de altura (Foto: Alexandre Eudogio/Portal CM7)

Interligação do novo reservatório de água tratada da Compensa acontece na próxima terça-feira, dia 21

Postado por Aegea Manaus em 17/maio/2019 - Sem Comentários

 

A concessionária Águas de Manaus vai interligar o novo reservatório de água tratada da Compensa ao sistema de abastecimento no próximo dia 21 (terça-feira). Para que os trabalhos ocorram com segurança, será necessário interromper temporariamente o fornecimento de água em alguns bairros e conjuntos da zona Oeste de Manaus. A concessionária pede que as pessoas façam o uso consciente e se possível, reservem água para o período.

Os ajustes para a interligação começam a partir das 12h da terça-feira (21) e tem previsão de serem finalizados até as 0h de quarta-feira (22). A partir deste horário, o sistema volta a operar. A previsão é que o abastecimento de água tratada na região seja normalizado gradativamente até o meio-dia do dia 22. A concessionária disponibilizará carros pipa para abastecer locais prioritários como hospitais, Unidades Básicas de Saúde e escolas da região.

Os bairros abrangidos pela parada são: Compensa I, II, III, Santo Agostinho, Conjunto Xingu, Vila Marinho, Condomínio Vila Verde I e Vila Verde II.

 

QUALIDADE DE VIDA PARA 100 MIL PESSOAS – O novo reservatório da Compensa terá capacidade para reservar 5 milhões de litros de água e vai reforçar o sistema que existe na rua Dom Pedro I, nas proximidades do CSU da Compensa, onde já há um reservatório de 3 milhões de litros. A nova unidade possui 9 metros de altura, 27 metros de diâmetro e começou a ser construída em novembro do ano passado. Cerca de 100 mil moradores na zona Oeste da capital amazonense serão beneficiados com a obra.

Se os cinco milhões de litros de água do novo reservatório fossem colocados em caixas d’água de 500 litros (modelo comum em residências da cidade), 10 mil caixas poderiam ser abastecidas com a água tratada da nova unidade.  Além de ampliar a reserva de água tratada na zona Oeste, a obra vai ajudar a reduzir as oscilações na pressão de água nos bairros abastecidos pelo sistema Compensa, além de facilitar a implantação de expansões de redes na área.

A Compensa vem recebendo uma atenção especial da Águas de Manaus. Desde a semana passada, as equipes do projeto itinerante “Vem com a Gente” estão no bairro, promovendo melhorias como instalação de novos hidrômetros, novas ligações de água, extensões de rede e negociação de débitos. Tudo com o objetivo de regularizar qualquer tipo de pendência e melhorar o relacionamento entre cliente e empresa. Além de percorrer todas as ruas do bairro, as equipes da empresa disponibilizam atendimento em vans, que estão localizadas na Igreja Evangélica Assembleia de Deus, na rua 21 de junho, 550, de segunda a sexta, no horário de 8h às 17h.

 

 

MAIS QUATRO RESERVATÓRIOS – Outros quatro novos reservatórios estão sendo construídos pela concessionária Águas de Manaus na capital. As obras estão em fase final para serem entregues à população no primeiro semestre deste ano. As construções em estágio mais avançado são as do reservatório dos bairros Jorge Teixeira e da Cidade Nova que já foram interligados ao sistema de abastecimento e recebem os últimos ajustes hidráulicos e de paisagismo para serem inaugurados. Outras duas unidades também estão sendo finalizadas na Cidade de Deus (Zona Norte) e Colônia Santo Antônio (Zona Norte).

Os novos reservatórios da Águas de Manaus vão aumentar a capacidade de reserva de água tratada na cidade em 30 milhões de litros. Juntos, eles terão capacidade de melhorar a qualidade de vida de uma população aproximada de 500 mil pessoas na capital.  Atualmente, a capital possui 182 unidades que reservam 226 milhões de litros de água.

 

A Águas de Manaus reforça o compromisso em oferecer saúde e qualidade de vida para a cidade, agradece a compreensão da população e destaca a importância do registro das ocorrências que necessitem atuação da empresa, nos canais oficiais de relacionamento com o cliente: pontos físicos dos PAC´s (Alvorada, Compensa, Cidade Nova, São José; Shoppings Cidade Leste, Via Norte) e loja da rua Leonardo Malcher, 1237, Centro (de segunda a sexta, das 7h às 17h) ou nos canais disponíveis 24h por dia: SAC 0800 092 0195,  site www.aguasdemanaus.com.br e aplicativo Águas APP.

Segunda edição da campanha “Zera Dívida” inicia nesta segunda-feira (20) e vai até o dia 31 de maio em oito pontos da cidade

Postado por Aegea Manaus em 17/maio/2019 - Sem Comentários

 

A campanha Zera Dívida está de volta. A ação de relacionamento que beneficiou quase 7 mil pessoas em janeiro, terá a sua segunda edição realizada entre os dias 20 e 31 de maio, em oito pontos de atendimento espalhados por todas as zonas de Manaus.

Na Zera Dívida, os clientes da Águas de Manaus têm a oportunidade de renegociar suas dívidas em condições especiais, com um parcelamento bem flexível, que cabe no bolso do usuário. As parcelas podem chegar em até 120 vezes, dependendo do caso. Quem desejar efetuar o pagamento à vista terá condições ainda mais favoráveis na negociação. Para facilitar, a Águas de Manaus também aceitará pagamentos no cartão de crédito durante a campanha.

Além disso, outros serviços podem ser realizados ao longo das duas semanas da Zera Dívida. Entre eles, estão o cadastro na tarifa social (benefício que concede 50% de desconto na tarifa de água para usuários que possuem bolsa família), troca de titularidades, solicitações de hidrômetros, pedido de vistorias, novas ligações e manutenções de rede. “Quem precisar resolver qualquer pendência com a concessionária pode procurar os pontos de atendimentos. Durante os atendimentos, procuramos entender qual a realidade do cliente e direcioná-lo para uma renegociação que esteja de acordo com suas necessidades, dento das condições de cada um. A primeira edição da Zera Dívida foi muito positiva. Por isso, retornamos com a campanha. Atender bem o cliente e ajudar nas resoluções de suas questões é um compromisso da empresa com a cidade”, afirmou o diretor-executivo da Águas de Manaus, Luiz Couto.

 

Loja Central, na rua Leonardo Malcher, atenderá clientes de segunda aos sábados nestas duas semanas de ‘Zera Dívida’

 

HORÁRIOS E LOCAIS: Os atendimentos na Zera Dívida acontecem em oito pontos da cidade: Loja Central da concessionária, na rua Leonardo Malcher, 1237, Centro e postos da Águas de Manaus nos PAC´s Alvorada, Compensa, Cidade Nova, São José, Shopping Cidade Leste, Via Norte e Shopping T4. Uma novidade nesta segunda edição é que os clientes também vão poder negociar via telefone, através do SAC da concessionária: 0800 092 0195.

Os atendimentos da Zera Dívida acontecem de segunda a sexta-feira, no horário de 8h às 17h em todos os PACs. Na loja Central, da Leonardo Malcher, o horário de segunda a sexta-feira é das 7h às 17h e no sábado (25), entre 8h e 13h. No 0800, o atendimento funcionará 24h.

 

SERVIÇO – Os interessados em participar da “Zera Dívida” não podem esquecer de ter em mãos alguns documentos como RG, CPF e as faturas para identificação da unidade consumidora. O atendimento será por ordem de chegada.

Em janeiro, a primeira edição da “Zera Dívida” registrou um total de 6.771 atendimentos em apenas cinco dias de campanha. As ações de negociações de débitos são uma rotina para a concessionária. Desde que chegou na cidade, a Águas de Manaus tem promovido ações para se aproximar da população, seja para atender demandas, estimular o uso consciente da água ou ajudar na regularização de qualquer necessidade do usuário.

 

PONTOS FÍSICOS DE ATENDIMENTO DA ‘ZERA DÍVIDA’:

Loja Central: Avenida Leonardo Malcher, 1237, Centro, nas proximidades do Sebrae.

PAC Alvorada: Avenida Desembargador João Machado, nº 4.922, Planalto.

PAC Cidade Leste: Avenida Autaz Mirim, nº 288, Tancredo Neves, dentro do Shopping Cidade Leste.

PAC Sumaúma: Av. Noel Nutels, 1.762, Cidade Nova, dentro do Shopping Sumaúma.

PAC Compensa: Avenida Brasil, nº 1.235, Compensa.

PAC São José: Alameda Cosme Ferreira, nº 8.047, no 2º piso do UAI Shopping (Antigo Shopping São José).

PAC Via Norte: Avenida Arquiteto José Henrique Bento Rodrigues, nº 3.760 Nova Cidade, dentro do shopping Via Norte.

PAC Municipal T4: Avenida Camapuã, nº 2.985, Cidade Nova, dentro do Shopping Phelippe Daou.

O SAC da Águas de Manaus também estará disponível para negociações da campanha Zera Dívida, através do número 0800 092 0195.

Águas de Manaus apresenta projetos e ações de relacionamento desenvolvidas pela concessionária em reunião na Fieam

Postado por Aegea Manaus em 13/maio/2019 - Sem Comentários

 

 

Na noite da última quinta-feira (09), o diretor-presidente da Águas de Manaus, Renato Medicis, participou da 7ª reunião ordinária da diretoria da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), realizada na sede da entidade, no Centro de Manaus.

Diante de executivos da indústria e do comércio, Renato Medicis falou sobre as atividades que vem sendo realizadas pela concessionária desde a chegada da empresa na cidade, em junho do ano passado. Alguns casos de sucesso do grupo Aegea (companhia que controla a Águas de Manaus) e a estrutura de captação, tratamento e distribuição de água na cidade também foram exibidos por Renato.

O trabalho de transformação do saneamento da capital amazonense foi destacado pelo diretor-presidente. “Inauguramos a ETE Timbiras, que é a maior da região Norte e consegue tratar 2.300 litros de esgoto por segundo. Levamos água até regiões de palafitas com redes aéreas de abastecimento. Mas, principalmente, melhoramos o nosso relacionamento com o cliente, nos aproximando dele, ouvindo suas demandas, negociando dívidas em até 120 parcelas e resolvendo problemas antigos. Criamos programas como o ‘Vem com a Gente’, que leva um mutirão de serviços até os bairros da cidade, regularizando as ligações naquela região e o ‘Afluentes’, que faz uma ponte entre líderes comunitários e empresa, para receber as demandas com maior rapidez. Estamos sempre abertos ao diálogo”, disse Renato.

Os planos de investimento da Águas de Manaus também foram citados na apresentação do diretor-presidente. Nos próximos cinco anos, a concessionária pretende investir R$ 800 milhões em melhorias nos sistemas de abastecimento de água, coleta e tratamento de esgoto. A cobertura do esgoto na capital amazonense, que hoje é de 20%, deve ser ampliada em cinco vezes, chegando em 80% da cidade até 2030.  As melhorias no fornecimento de água para as empresas do Pólo Industrial de Manaus também entraram em pauta. “Nossa intenção é sempre ouvir o que cada empresa precisa e trabalhar em projetos que adequem o nosso serviço às necessidades das empresas. Fiquem à vontade para nos procurar. Fornecemos uma água tratada, com a qualidade dentro dos padrões nacionais. Também pretendemos fazer algumas melhorias em nossas redes no Distrito Industrial”, destacou.

Renato Medicis, Diretor-Presidente da Águas de Manaus, conversou com representantes da indústria e comércio

 

Além da classe empresarial, o evento contou com a presença de personalidades como o Deputado Estadual Ricardo Nicolau (PSD), o diretor-presidente da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman), Fábio Alho e o do Diretor-Presidente da concessionária Amazonas Energia, Tarcísio Rosa, que elogiou os trabalhos da empresa. “O trabalho de regularização que a Águas de Manaus vem fazendo é exemplar. Estamos trabalhando algumas parcerias para fazer algo semelhante em relação a energia elétrica”, contou Tarcisio.

 

 

Para o vice-presidente da Fieam, Nelson Azevedo, a apresentação foi bastante proveitosa e esclarecedora. “Os serviços da concessionária de Águas são estratégicos e essenciais para a população e para os setores empresariais da cidade. As ações apresentadas pela Águas de Manaus são muito positivas, principalmente na forma de se relacionar com os clientes, seja parcelando débitos, regularizando ligações ou dialogando. Tudo isso nos gera confiança no trabalho que está sendo desenvolvido”, declarou.

Novo reservatório de água tratada da Cidade Nova será interligado ao sistema de abastecimento

Postado por Aegea Manaus em 10/maio/2019 - Sem Comentários

 

Dando continuidade ao plano de melhorias no sistema de abastecimento da cidade, a concessionária Águas de Manaus faz os últimos ajustes para concluir o novo reservatório de água tratada da Cidade Nova. A nova unidade será interligada ao sistema no próximo dia 14 (terça-feira). Com capacidade para reservar 5 milhões de litros de água, a unidade vai beneficiar cerca de 200 mil moradores em bairros das zonas Norte e Centro-Oeste da capital amazonense.

O novo reservatório fica dentro do complexo do Distrito Norte, na esquina entre as avenidas Pedro Massa e Noel Nutels, na Cidade Nova e começou a ser erguido no fim do ano passado. Ele possui 12 metros de altura e vai reforçar o sistema de abastecimento da região, que já conta com um reservatório de 7,5 milhões de litros no mesmo local. Além de ampliar a reserva de água tratada nas zonas Norte e Centro-Oeste, a nova unidade vai ajudar a reduzir as oscilações na pressão de água nos bairros abastecidos a partir do Distrito Norte, além de facilitar a implantação de expansões de redes na área.

Outros quatro novos reservatórios estão sendo construídos pela concessionária Águas de Manaus na capital nos bairros Compensa, Colônia Santo Antônio, Jorge Teixeira e Cidade de Deus. Todos devem ser entregues para a população no primeiro semestre do ano.  Juntas, as cinco unidades vão aumentar a capacidade de reserva de água tratada na cidade em 30 milhões de litros. Atualmente, a capital possui 182 reservatórios, que comportam 226 milhões de litros.

TRABALHO NECESSÁRIO – Na próxima terça-feira (14), o novo reservatório da Cidade Nova será interligado ao sistema de abastecimento do Distrito Norte. Para que isso aconteça com segurança, será necessário interromper temporariamente o fornecimento de água em bairros da região. A concessionária pede que as pessoas façam o uso consciente e se possível, reservem água para o período.

Os ajustes para a interligação começam a partir das 13h da terça-feira e tem previsão de serem finalizados até as 1h da manhã de quarta-feira (15). A partir desse horário, o sistema volta a operar. O abastecimento de água tratada na região será normalizado gradativamente em até 36 horas. A concessionária disponibilizará carros pipa para abastecer locais prioritários como hospitais, Unidades Básicas de Saúde e escolas da região.

Os bairros abrangidos pela parada são: Conj. Hileia I e II, Bairro da Paz, Santos Dumont, Redenção, Conjunto Mundo Novo, Parque das Nações, Beija Flor I, Beija Flor II, Santa Cruz, Subtenentes – Sargentos, Ozias Monteiro, Condomínio Ideal Flores, Nova Cidade, Conjunto Carlos Braga, Cidadão VI, Colônia Santo Antônio, José Bonifácio, Parque Florestal, Monte Sinai, Vale do Sinai, Manoa, Terra Nova I, II, Novo Israel, I e II, Lot. América do Sul, Lot. Canaã, Celebridade, Jesus me Deu, Condomínio Alegro, Monte Pascoa, Monte Cristo, Comunidade Luís Otavio, Loteamento Fortaleza, Santa Tereza, Comunidade Peniel, Loteamento Raquel, Vitória Régia, Vista Alegre, Lot. Agnus Dey, Cidadão XII, Conjunto Vila da Barra, Lot. São Luiz, Lot. Piorini, Lot. Santa Marta, Cidade Nova Núcleos 1,2,3,4,5,6,7,8,9,10,11,12,13,14, e 15; Conjunto Canaranas, Vila Real, Riacho Doce I,II,III; Boas Novas, Nossa Senhora do Perpetuo Socorro, Águas Claras, Santa Etelvina I, II, Pq. Santa Etelvina, Lot. Vera Cruz, União da Vitória, Residencial Cumaru, Condomínio Bem Viver, Francisca Mendes I e II, Campo Dourado I e II, Ribeiro Jr, Renato Souza Pinto II, Pq. Eduardo Braga, Conj. Galileia I e II, Osvaldo Frota, Conjunto Sergio Pessoa Neto, Conjunto Américo Medeiros, Omar Aziz, Aliança com Deus e comunidade Raio de Sol.

MEDIDAS PARA ECONOMIZAR ÁGUA – Entre as dicas para economizar água pode-se destacar a captação de água da chuva em caixas d’ água e outros tipos de reservação como baldes e garrafas. Os moradores podem reaproveitar essa água para atividades cotidianas dentro de casa como lavar pátios, calçadas, dar banho nos animais, lavar carros, entre outras. Outras pequenas atitudes, como reaproveitar a água da máquina de lavar para limpar calçadas, tomar banho de no máximo cinco minutos e fechar a torneira enquanto se escova os dentes ou lava a louça, podem ajudar na economia de água nestes dias.

A Águas de Manaus reforça o compromisso em oferecer saúde e qualidade de vida para a cidade, agradece a compreensão da população e destaca a importância do registro das ocorrências que necessitem atuação da empresa, nos canais oficiais de relacionamento com o cliente: pontos físicos dos PAC´s (Alvorada, Compensa, Cidade Nova, São José; Shoppings Cidade Leste, Via Norte) e loja da rua Leonardo Malcher, 1237, Centro (de segunda a sexta, das 7h às 17h) ou nos canais disponíveis 24h por dia: SAC 0800 092 0195,  site www.aguasdemanaus.com.br e aplicativo Águas APP.

Águas de Manaus e Polícia Civil ampliam parceria para combater furto de água em locais de grande porte na cidade

Postado por Aegea Manaus em 03/maio/2019 - Sem Comentários

 

A Águas de Manaus vem trabalhando para diminuir os índices de perda de água tratada na capital amazonense. Atualmente, 40% da água produzida pela empresa acaba sendo desperdiçada, principalmente por conta de ligações irregulares. Além de investir em tecnologia e conscientização da população, a concessionária vem intensificando ações para combater fraudes e o furto de água pela cidade, especialmente em locais de grande porte.

 

Semanalmente, a Águas de Manaus realiza ações que acontecem em parceria com a Polícia Civil, através da Delegacia Especializada em Combate a Furtos de Energia, Água, Gás e Serviços de Telecomunicações (DECFS). Estas fiscalizações especiais já conseguiram encontrar irregularidades em centros comerciais, condomínios de alto padrão, postos de gasolina, grandes drogarias, canteiros de obra e até em shoppings. Em 2018, das 90 ações do tipo realizadas pela concessionária, 88 identificaram alguma fraude no fornecimento de água. Para 2019, a meta é realizar pelo menos 150 inspeções nesses locais até o fim do ano.

 

O delegado Carlos Alberto Andrade, titular DECFS, visitou a concessionária nesta semana. Ele foi recebido pelo diretor-presidente da Águas de Manaus, Renato Medicis e ambos discutiram formas de ampliar a parceria entre empresa e Polícia Civil. As fiscalizações especiais vão ser intensificadas e número de equipes técnicas envolvidas nas operações deve aumentar.

 

Diretor-presidente Renato Medicis recebeu o delegado Carlos Alberto, da DECFS, na sede da Águas de Manaus

 

 

Os principais tipos de fraudes encontradas pelas equipes nestas operações são: desvio de ramal, hidrômetro fraudado, hidrômetro invertido, religação por conta própria, bomba de sucção, ligação clandestina, fornecimento de água a terceiros e lacre violado. Uma ligação fraudada consome, em média, quatro vezes mais do que o consumo normal registrado por uma ligação hidrometrada regular.

 

Quem comete esse tipo de irregularidade pode ser enquadrado no Código Penal Brasileiro pelo crime de furto. Segundo o Artigo 155, a punição prevista para esse tipo de crime é de um a quatro anos de prisão, além de multa.

 

A postura da Águas de Manaus, no entanto, é a de sempre buscar a regularização do cliente. Ao se comprovar a fraude, é feita eliminação da mesma e a normalização da ligação. O proprietário do imóvel, então é encaminhado ao ponto de atendimento da concessionária mais próximo, para que possa renegociar seus débitos. “A Águas de Manaus tem facilitado nossas ações, já que é uma empresa que não criminaliza o cliente. As pessoas sempre podem procurar a concessionária para se regularizar, negociar dívidas, multas e resolver o problema. Essa postura educativa deveria ser copiada por outras empresas. Assim, a Polícia Civil consegue separar quem está disposto a buscar a regularização, daqueles que não estão. Esses que só desejam furtar água e não querem se regularizar é que são punidos, de acordo com a lei”, destacou o delegado Carlos Alberto Andrade.

 

Para o diretor-presidente da Águas de Manaus, Renato Medicis, a parceria com a Polícia Civil é bastante proveitosa. Ele reforça o compromisso da empresa com a cidade. “Quando combatemos as fraudes, estamos melhorando o abastecimento na cidade. Uma ligação irregular pode causar problemas como vazamentos, pressão reduzida e comprometer a qualidade da água. A Águas de Manaus quer o melhor para o cliente e para a cidade. Por isso, sempre estamos dispostos a negociar e garantir que o cliente se regularize e nunca mais volte a cometer uma fraude”, explicou.

 

CANAIS DE DENÚNCIA – Além das fiscalizações de rotina nas ruas, a concessionária também recebe denúncias de ligações clandestinas em seus canais oficiais de relacionamento com o cliente, através do telefone 0800 092 0195 e na agência virtual, disponível no site www.aguasdemanaus.com.br e no aplicativo Águas APP.

 

Logo que a denúncia é recebida ou um potencial local de fraude é identificado pela concessionária, é realizado o levantamento do histórico de consumo do imóvel, caso a ligação esteja ativa na base da empresa. Uma equipe também vai até o local onde há suspeita de furto de água e realiza testes na água consumida, para comprovar se ela é fornecida pela concessionária ou não.

 

Somente após todas essas evidências serem coletadas é que a Polícia Civil é acionada, através de uma carta denúncia. Equipes da concessionária, acompanhadas de investigadores e peritos da DECFS retornam ao local. O proprietário é notificado pela polícia a comparecer a delegacia, enquanto as equipes da Águas de Manaus retiram a fraude e normalizam a ligação, instalando um novo hidrômetro e encaminhando o cliente para o atendimento.

PROCEDIMENTOS – Em uma fiscalização realizada nas últimas semanas, uma obra comercial de grande porte na zona Leste de Manaus estava consumindo água através de um desvio de ramal. O hidrômetro instalado no imóvel não registava consumo desde junho do ano passado, mesmo com os operários utilizando água constantemente na construção. Os testes de pressão, vazão e com reagentes químicos na água consumida no local comprovaram que o líquido era fornecido pela Águas de Manaus. Apesar da resistência inicial, o proprietário concordou em regularizar o problema, prestar esclarecimentos posteriores na delegacia e normalizar sua ligação. “Em hipótese alguma queremos perder o cliente. A empresa busca sempre conscientizar a população de que água tratada não pode ser desperdiçada ou furtada. Sempre que isso acontece, todos nós perdemos. A água é um bem finito e todos precisam fazer a sua parte para que ela não acabe”, destacou o gerente comercial da Águas de Manaus, Waldyr Vilanova.