Arquivo de abril 25America/Sao_Paulo 2021

Águas de Manaus adota novos procedimentos para agilizar serviços emergenciais nas ruas da cidade

Postado por Aegea Manaus em 25/abr/2021 - Sem Comentários

Intervenções da concessionária estão acontecendo de forma mais rápida e completa após modernização de equipamentos e processos

 

 

A Águas de Manaus está modernizando os procedimentos utilizados nos serviços que realiza nas ruas da cidade. Com o uso de novos equipamentos na finalização de manutenções, a empresa está concluindo as obras e liberando as vias com maior rapidez.

 

Um outro benefício que o novo método proporciona é a redução do uso de bags (sacolas grandes com terra e entulho) nos trabalhos. “Passamos a deslocar para o local da manutenção todo equipamento e material necessário para iniciar e finalizar o serviço no mesmo dia. Por isso, o uso de bags será cada vez menor. Todos ganham com isso. O serviço fica mais ágil e a obra gera um impacto menor para a população”, explica o gerente do setor de Serviços da Águas de Manaus, Felipe Poli.

 

Para que o avanço na execução dos serviços fosse possível, a concessionária adquiriu novos equipamentos como caminhões CB, retroescavadeiras, máquinas cortadoras de asfalto e compactadores de solo.  Com a modernização, até mesmo os serviços de média e grande complexidade serão realizados em menor tempo.  “Quando chegamos no local para realizar uma correção de vazamento, as novas máquinas conseguem realizar a escavação de maneira mais rápida e todo material retirado do solo é colocado direto nos novos caminhões. Esse mesmo material será reutilizado no reaterro, logo após a conclusão da manutenção”, reforçou Poli.

 

 

Equipes estão realizando os serviços em menor tempo, após novos equipamentos serem adquiridos pela empresa

 

 

Tempo otimizado – A empresa continua atuando para realizar serviços como reaterros, asfaltamento e correção de vazamentos diariamente nas ruas da cidade. “Queremos avançar para dar soluções aos problemas emergenciais que acontecem nas tubulações da cidade, trabalhando de maneira ágil e deixando tudo arrumado após sair do local”, concluiu Poli.

 

Outra preocupação da concessionária é trabalhar em parceria com a Secretaria de Obras e Infraestrutura da Prefeitura de Manaus (Seminf), comunicando os locais que necessitam de intervenção e garantindo que o recapeamento seja feito sem afetar a qualidade das vias.

Águas de Manaus recebe nova certificação de saúde e segurança contra Covid-19

Postado por Aegea Manaus em 21/abr/2021 - Sem Comentários

 

A Águas de Manaus obteve a certificação Safeguard para mais duas unidades da concessionária. O selo garante a presença de equipes altamente treinadas em boas práticas de higiene e segurança para o combate à pandemia de Covid-19.

Na última semana, auditores da Bureau Veritas, organização internacional que certifica padrões de qualidade, estiveram na empresa para verificar as medidas de proteção adotadas e aprovaram todos os protocolos de segurança implementados pela concessionária contra a pandemia.

As novas unidades certificadas são o Distrito Norte, na Cidade Nova e o Complexo da Ponta do Ismael, na Compensa. Com isso, a empresa chega a seis unidades operacionais com o selo Safeguard: Loja Central de atendimento (Centro), Sede Administrativa (Aleixo), Estação de Tratamento de Esgoto Timbiras (Cidade Nova), Rio Negro Ambiental (Distrito Industrial), além das duas certificadas nesta semana.

Os auditores da Bureau Veritas visitaram as instalações da empresa, verificando a sinalização dos ambientes, orientações sobre higienização pessoal e dos espaços, uso correto de equipamentos de segurança, regras de distanciamento social, treinamento das equipes, planos de controle e de prevenção à doença.

A certificação Safeguard surgiu como uma demanda social provocada pelo novo coronavírus. Poucas empresas no Norte do país obtiveram o selo e a Águas de Manaus é uma delas. A Bureau Veritas considera quatro prioridades na concessão de selos: condições seguras de trabalho para os colaboradores, a garantia destas condições para clientes e consumidores finais, a conformidade com a legislação local e consistência da aplicação e abordagem da empresa nestes processos.

Os colaboradores da Águas de Manaus seguem trabalhando em sistema de revezamento e home office, desde a confirmação dos primeiros casos da doença no Amazonas em março de 2020. Quem precisa ir às ruas para executar serviços recebe todos os EPI´s necessários, além de orientações para manter o distanciamento social. A empresa também elaborou um Guia de Cuidados com boas práticas durante a atividade laboral e também de convívio social.

A loja central e todos os pontos de atendimento presencial também seguem fechados para atendimento ao público, para evitar aglomerações. Desde o início da pandemia, a Águas de Manaus reforçou seus canais digitais de atendimento para receber e solucionar as demandas da população.

“O selo Safeguard vem contemplar as boas práticas que a empresa vem desenvolvendo e, com certeza, é um diferencial, por que não são só boas práticas implementadas, mas verificadas por uma certificadora externa que fez confirmou que, de fato, todas essas medidas são funcionais e garantem um ambiente seguro”, explica a coordenadora de EHS da Águas de Manaus, Juliana Bard.

A concessionária seguirá sendo auditada pela Bureau Veritas ao longo do ano, para manutenção do selo. “Prestamos um serviço essencial para Manaus e estamos fazendo tudo com o cuidado que o momento exige, sem descumprir as medidas de proteção e nem comprometer a prestação do serviço. Boa parte das nossas equipes ainda trabalha em home office e quem está nas ruas, recebe todos os EPI´s e orientações. A certificação é uma prova da efetividade dos esforços da empresa em preservar colaboradores e a população da cidade”, declarou o diretor-executivo Diego Dal Magro.

Programa itinerante vai percorrer todas as casas da Cidade Nova e terá três pontos de atendimento para os moradores a partir desta segunda-feira (19)

Postado por Aegea Manaus em 16/abr/2021 - Sem Comentários

Desenvolvido pela Águas de Manaus, “Vem com a Gente” deve visitar mais de 100 mil residências em um dos maiores bairros da cidade a partir desta semana

 

 

O programa de atendimento itinerante “Vem Com a Gente” chega ao bairro da Cidade Nova, na zona Norte da cidade, a partir desta segunda-feira (19). As equipes da Águas de Manaus vão percorrer todas as casas de um dos bairros mais populosos da capital, executando serviços de melhoria no abastecimento.

Para complementar o trabalho, a concessionária também vai disponibilizar três pontos de atendimento para receber as solicitações dos moradores da Cidade Nova: No chapéu de Palha do Conjunto Boas Novas (rua Itaeté – antiga rua 16, Cj. Boas Novas), na comunidade N.S. do Perpétuo Socorro e São José (rua Theodomiro Garrido – antiga Rua 121 – no Núcleo 7) e na entrada do Residencial Ozias Monteiro I, na Avenida C. Os pontos vão funcionar de segunda a sexta-feira, entre 8h e 17h.

O Vem Com a Gente é um programa da concessionária que oferece à população diversas melhorias no serviço de água, promovendo ações como regularização, vistorias, extensões de rede, substituição de hidrômetros, cavaletes, renegociação de débitos e cadastro na tarifa social. Mesmo durante a pandemia, as equipes seguiram com o trabalho nos bairros da capital.

Ao chegar no bairro, as equipes do VCG vão de casa em casa para identificar e executar que serviços de melhorias podem ser feitos. No caso das vistorias, é necessário realizar intervenções nas calçadas das residências. A empresa, porém, recupera as escavações e realiza a recomposição da calçada em um prazo médio de 48h, inclusive, recolocando as cerâmicas quando houver necessidade.

Enquanto as equipes do Vem Com a Gente avançam de casa em casa, a empresa instala pontos de atendimento no bairro, onde uma série de serviços podem ser solicitados pela população, entre eles, a negociação de débitos e o cadastro na tarifa social.

A Cidade Nova é o 40° bairro visitado pelas equipes do VCG em Manaus. Em pouco mais de dois anos e meio de existência, o Vem com a Gente já passou por aproximadamente 320 mil imóveis. Até maio de 2022, o programa deve visitar a cidade inteira.

 

BENEFÍCIOS – Entre as melhorias implantadas pelo Vem com a Gente na cidade, estão as extensões de rede para locais que não contam com abastecimento regular, especialmente áreas de becos, palafitas ou rip-rap. Um local que recentemente recebeu esse tipo de trabalho foi a Comunidade Beco Green Ville, em Flores. O local tem 27 anos de existência e até a última semana, era abastecido por ramais irregulares, que passavam por dentro do igarapé.

As equipes da Águas de Manaus removeram todas as tubulações irregulares e instalaram redes de abastecimento envelopadas (concretadas) e cerca de 300 hidrômetros. Todos os moradores do Beco Green Ville ainda foram inseridos na tarifa social, benefício que garante 50% de desconto nas faturas. Cerca de 80 mil metros de redes de água em regiões vulneráveis, como o beco Green Ville, já foram implantados pelo VCG em Manaus.

Para o gestor do Vem com a Gente, Waldyr Vilanova, além das melhorias, o programa leva dignidade para a população da cidade. “Os serviços do Vem Com a Gente são importantes para evitar o desperdício de água tratada, o consumo irregular e melhorar o sistema de abastecimento da cidade. Além disso, quando implantamos uma rede em local vulnerável, estamos levando saúde e condições mais dignas para essas pessoas. Em muitos casos, a fatura de água acaba se tornando o primeiro comprovante de residência dessas famílias. Nosso objetivo é que toda cidade seja visitada pelo VCG até o ano que vem”, concluiu Waldyr.

Águas de Manaus utiliza tecnologia russa para realizar diagnóstico em adutoras da cidade

Postado por Aegea Manaus em 13/abr/2021 - Sem Comentários

Trabalho preventivo visa aumentar a segurança operacional das tubulações de grande porte da capital

 

 

Manaus conta com uma rede de abastecimento que possui 3630 km de tubulações de água. Entre elas, estão 245 quilômetros de adutoras de água tratada, que possuem diâmetro entre 150mm a 1800mm. Para garantir que a estrutura opere dentro da normalidade, a concessionária está testando uma tecnologia russa que avalia a integridade destas tubulações de grande porte. É a primeira vez que o trabalho preventivo é realizado na capital.

 

Através de uma técnica chamada de “método de memória magnética”, as equipes da Águas de Manaus e da empresa Inspek (detentora da patente da técnica no país) estão percorrendo algumas das principais adutoras da cidade para identificar pontos de atenção. Com esses dados em mãos, a empresa vai planejar ações que possam aumentar a segurança operacional, reduzindo riscos de manutenções emergenciais, rompimentos ou qualquer tipo de impacto causado por desgastes nas tubulações.

Operador percorreu os trechos de adutora a pé, com os equipamentos que conseguem medir o campo magnético das adutoras. Agentes de trânsito do IMMU deram apoio na operação

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Para realizar o processo de rastreamento, o operador percorre a pé o caminho exato por onde as adutoras passam. Munido de uma sonda que consegue medir o campo magnético da tubulação, o colaborador faz as caminhadas sobre os trechos. A concessionária contou com o apoio de agentes de trânsito do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), já que em alguns trechos, as equipes precisam andar literalmente no meio da rua.

 

“As adutoras se desgastam ao longo do tempo por diversos fatores. A memória magnética vai apontar os locais onde isso pode ocorrer e com esses dados, vamos conseguir agir preventivamente. Queremos que o sistema sempre funcione de maneira segura e a população receba água tratada em casa sem qualquer impacto crítico”, disse o gerente de engenharia da Águas de Manaus, Marcos Antunes.

 

EVOLUÇÃO – Além da tecnologia russa nas adutoras, a concessionária tem investido em outras soluções inovadoras para prestar um melhor serviço para a população da cidade. Recentemente, a Águas de Manaus adquiriu equipamentos para reduzir o tempo de execução de intervenções realizadas nas ruas.

 

Outro ponto de destaque é o moderno Centro de Controle Operacional da empresa (CCO). Inaugurado em 2019, o local consegue monitorar 24h por dia o sistema de abastecimento de água da capital, controlando os níveis de reservatórios e das estações de captação e tratamento que fornecem água para toda a cidade. “Estamos em constante busca de soluções para melhorar o saneamento básico de Manaus. Todos os nossos projetos e investimentos visam a melhoria da qualidade de vida de mais de 2,2 milhões de pessoas”, garantiu o diretor-executivo Diego Dal Magro.

 

Trabalho preventivo é mais uma das inovações tecnológicas da concessionária Águas de Manaus no dia a dia da cidade

Águas de Manaus moderniza rede de abastecimento que beneficiará 70 mil moradores da zona Centro-Oeste

Postado por Aegea Manaus em 11/abr/2021 - Sem Comentários

Bairros da zona Centro-Oeste e adjacências serão beneficiados com nova estrutura, que vai trazer melhorias no abastecimento de água

 

 

A substituição de uma rede de água de aproximadamente 35 anos por uma estrutura mais moderna vai beneficiar quase 70 mil moradores de bairros da zona Centro-Oeste e adjacências. A concessionária Águas de Manaus trabalha, desde o mês de março, na implantação de uma nova rede de 400mm de diâmetro, que deve começar a operar nas próximas semanas.

 

O novo trecho, de aproximadamente 360 metros, está sendo instalado na rua Wanderlei Normando, no bairro do Planalto e vai melhorar o abastecimento de água na região. O gerente de serviços da Águas de Manaus, Felipe Poli, explica que os trabalhos acontecem em várias etapas: sinalização, escavação, assentamento de tubos, reaterro e posterior recomposição asfáltica da área.

 

Somente após isso, a rede antiga existente no local será desativada. Os benefícios da obra também incluem segurança operacional na rede de distribuição. “A nova obra de remanejamento da rede vai garantir muitos benefícios aos moradores desta região. A modernização diminui os riscos de vazamentos, manutenções emergenciais ou outras ocorrências que causam intermitência no abastecimento”, salientou Felipe Poli.

 

Os trabalhos se concentram na rua Wanderlei Normando Cj. Belvedere, no bairro Planalto, zona Centro-Oeste. Atualmente, 12 colaboradores da empresa estão envolvidos no serviço. “É um trabalho que requer cuidados e segurança também para os trabalhadores e moradores da área, por isso, é necessário mantermos todas as medidas preventivas contra qualquer acidente”, disse Poli.

 

Entre as áreas que receberão benefício direto dos serviços estão bairros abastecidos pelo Sistema Hidráulico Campos Elíseos, na zona Centro-Oeste: Planalto, Lírio do Vale, Nova Esperança, Campos Elíseos, Conjunto Ajuricaba, Conjunto Jardim Versalles, Conjunto Belvedere, Conjunto Augusto Montenegro, Conjunto Vista Bela, Conjunto Álvaro Neves, Conjunto Flamanal e Condomínio Lyon.

 

 

Abastecimento –  A Águas de Manaus é responsável pelos serviços de água e esgoto da zona urbana da capital. A empresa vem trabalhando na melhoria das condições de acesso ao saneamento básico na cidade desde junho de 2018, quando a Aegea Saneamento assumiu a concessão do serviço.

 

Para o abastecimento de água, por dia, são captados e tratados, em média, 630 milhões de litros de água que abastecem 98% da área urbana de Manaus. Essa água é produzida em quatro estações, duas localizadas na zona Oeste e outras duas na zona Leste. A partir delas, 3.600 quilômetros de redes de abastecimento levam água para cerca de 2,2 milhões de consumidores.

 

Desde a chegada da empresa na cidade, foram investidos mais de R$ 300 milhões em melhorias na infraestrutura de abastecimento de água e de tratamento de esgoto da capital. E a perspectiva para 2021 é a de novos aportes. Segundo o diretor-presidente da Águas de Manaus, Thiago Terada, as novas obras trazem melhoria da qualidade de vida para a população. “Quando investimos em obras nos sistemas de água e esgoto, estamos investindo também na melhoria dos indicadores de saúde dos manauaras e na qualidade de vida da população como um todo. O trabalho da Águas de Manaus já está transformando a cidade”, concluiu.

 

Águas de Manaus recebe comitiva do Serviço de Água e Esgoto (SAAE) de Parintins em visita para troca de experiências

Postado por Aegea Manaus em 09/abr/2021 - Sem Comentários

Representantes de um dos principais municípios do interior do Estado conheceram de perto a infraestrutura e ações da concessionária na capital

 

 

A Águas de Manaus e o Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Parintins (SAAE) realizaram um encontro para troca de experiências nesta semana. A pedido do SAAE, uma comitiva veio até a capital para conhecer de perto a estrutura, tecnologias e os serviços realizados pela concessionária da capital, com o objetivo buscar melhorias para o saneamento do município, que fica a 369 km da capital em linha reta.

 

O diretor-presidente da SAAE Parintins, Fermiliano Tavares, foi recebido pelo diretor-presidente da Águas de Manaus, Thiago Terada. Os técnicos do SAAE visitaram estruturas como o Centro de Controle Operacional (CCO), as Estações de Tratamento de Água da Ponta do Ismael (PDI) e o laboratório da empresa, onde são realizadas análises de qualidade da água. Além disso, eles ainda conheceram processos de recursos humanos e algumas ações de relacionamento que a empresa desenvolve com clientes da capital.

 

Atualmente, o sistema de abastecimento de água de Manaus produz mais de 600 milhões de litros de água tratada por dia. Toda essa estrutura é monitorada 24h por dia, a partir do Centro de Controle Operacional, localizado na sede da empresa, no Aleixo. Além das estações de tratamento de água, o CCO acompanha, em tempo real, o status de 50 poços profundos (CPAS) e 200 reservatórios de água tratada espalhados pela cidade. Ao todo, a Águas de Manaus atende mais de 2,2 milhões de pessoas na capital amazonense.

 

“Fiquei realmente impressionado com a dimensão da estrutura e com todo trabalho realizado em Manaus. E estou muito agradecido a concessionária por ter nos recebido. Estamos levando muitas ideias que vão ajudar a desenvolver os nossos serviços em Parintins, desde tecnologias e equipamentos até em situações de relacionamento com o cliente”, disse o diretor-presidente do SAAE, Fermiliano Tavares. No município, o SAAE atende a 23 mil residências, a partir de uma estrutura de captação que conta com 23 poços.

 

Os representantes da SAAE também conheceram o funcionamento do laboratório próprio da concessionária, localizado no complexo Ponta do Ismael, no bairro da Compensa. No local, são realizadas milhares de análises mensais de controle de qualidade da água, para garantir que o líquido seja disponibilizado de forma satisfatória para a população de Manaus. O processo de controle de qualidade da água da capital também consiste na coleta diária em 734 pontos de coleta distribuídos por todas as zonas da capital. Equipes da empresa percorrem esses pontos, diariamente, realizando análises presenciais no momento da coleta e também levando frascos de água para análises laboratoriais.

 

De acordo com o diretor-presidente da Águas de Manaus, o encontro foi satisfatório para compartilhar experiências no saneamento básico desenvolvidas na capital. “Nosso objetivo é contribuir com experiências exitosas no saneamento básico na cidade de Manaus e de outras cidades onde o grupo Aegea atua. Ficamos felizes em poder realizar essa troca de conhecimentos com os representantes de Parintins e estamos sempre à disposição para atender qualquer solicitação de outras visitas”, disse Terada.

 

SANEAMENTO – A Águas de Manaus é uma empresa do grupo Aegea, que é uma das maiores companhias privada do setor de saneamento do Brasil. A Aegea está presente em 126 cidades brasileiras, atendendo mais de 11 milhões de pessoas.  A Águas de Manaus chegará ao seu terceiro ano de atuação na capital amazonense em 2021. A concessionária promove melhorias no saneamento básico da capital desde junho de 2018, através de programas de relacionamento com a população e investimentos na expansão do sistema. Desde a chegada da empresa na cidade, foram investidos mais de R$ 300 milhões em melhorias no abastecimento de água e no tratamento de esgoto da capital.

Projeto vai transformar histórias de mulheres empreendedoras de Manaus em livros e premiar as selecionadas com R$ 10 mil

Postado por Aegea Manaus em 05/abr/2021 - Sem Comentários

Em busca de histórias inspiradoras na cidade ‘Biografias colaborativas‘ está com inscrições abertas. Projeto conta com apoio da Águas de Manaus

 

 

 

Você, alguma vez, já pensou em ter sua história contada em um livro? E além de inspirar pessoas, ainda ganhar R$ 10 mil para impulsionar seu próprio negócio? Um projeto do Ministério do Turismo e da concessionária Águas de Manaus pode ajudar a realizar este sonho.

A empresa está em busca de mulheres empreendedoras, moradoras da cidade de Manaus, que queiram participar do projeto “Biografias Colaborativas“, que está sendo lançado na cidade nesta semana.

O  Biografias colaborativas vai selecionar cinco mulheres e transformar suas histórias de vida em livros. As biografadas ainda receberão capacitação e R$ 10 mil para aplicar em seus negócios.

Para se candidatar a uma das vagas, as interessadas devem enviar um vídeo de até 1 minuto contando sobre sua história e o seu empreendimento. Vale de tudo. Uma pequena banca de comida, a dona de um brechó, autônomas, produtoras culturais, projetos sociais, trabalhos comunitários, etc. Quanto mais criativo for o vídeo, melhor! A candidata deverá se identificar falando o seu nome e sobrenome, telefone de contato e o bairro onde mora em Manaus.

Os vídeos deverão ser enviados somente pelo WhatsApp (92) 99236-6161 ou pelo e-mail biografiascolaborativasmanaus@gmail.com, até 26 de abril. Uma banca técnica vai selecionar as melhores histórias.

O projeto Biografias Colaborativas é apresentado pelo Ministério do Turismo, através da Lei de Incentivo à Cultura, patrocinado pela Águas de Manaus, idealizado pela NBS SoMa, com realização da Sagre Consultoria, Secretaria Especial da Cultura e Ministério do Turismo.

Para o gerente de responsabilidade social da Águas de Manaus, Semy Ferraz, o objetivo do projeto é dar voz às mulheres que tem trajetórias exemplares, mas, que muitas vezes são “invisíveis” para a sociedade. “O Biografias Colaborativas mostra justamente que tais histórias existem, são exemplos de coragem de mulheres fortes, que promovem o respeito a diversidade e inclusão. Muitas vezes, elas precisam apenas de um incentivo. Nosso objetivo é dar visibilidade para essas histórias e, a partir disso, inspirar outras pessoas na cidade”, afirma Semy.

 

Escolhidas terão suas biografias escritas. Livros devem ser lançados no segundo semestre

 

Escrevendo histórias – As cinco mulheres selecionadas vão contar com um biógrafo exclusivo e passarão a compartilhar suas rotinas ao longo dos próximos meses para confecção do livro. A previsão é que, no segundo semestre deste ano, as cinco biografias colaborativas sejam lançadas na cidade e estejam disponíveis para qualquer pessoa adquirir em livrarias e sites. Além da premiação inicial, as biografadas ainda receberão ainda os valores referentes aos direitos autorais da venda das biografias.

Os livros, porém, terão o último capítulo em branco, pois a renda das vendas será direcionada ao negócio de cada empreendedora. Assim, essas histórias inspiradoras continuarão sendo escritas a muitas mãos. Desta vez, com a participação do leitor que incentivar o projeto.  Os capítulos finais dos livros, que contarão como as mulheres biografadas tiveram seu potencial empreendedor potencializado através desta iniciativa, serão disponibilizados no site do projeto – um mês após o lançamento – para os leitores que adquirirem os exemplares.