Arquivo de novembro 26America/Sao_Paulo 2021

ZERA DÍVIDA: Campanha de negociação da Águas de Manaus inicia nesta segunda (29), oferecendo condições especiais para clientes

Postado por Aegea Manaus em 26/nov/2021 - Sem Comentários

População pode negociar qualquer tipo de débito com descontos e parcelamento flexível até o dia 13 de dezembro. Atendimentos acontecem online e presencialmente

 

A partir desta segunda-feira (29), moradores de Manaus que estão com débitos nas contas de água tem a oportunidade de resolver sua situação em condições especiais. A concessionária Águas de Manaus inicia a edição de fim de ano da campanha “Zera Dívida”, que oferece uma série de facilidades para quem deseja quitar sua pendência. A campanha vai até o dia 13 de dezembro.

A Zera Dívida vai funcionar de duas maneiras: com atendimentos online, onde o cliente pode realizar toda negociação sem sair de casa e em oito pontos presenciais espalhados pela cidade. Em todos os pontos de atendimento, será necessário adotar os protocolos de proteção contra a Covid-19, como uso de máscaras, distanciamento e álcool em gel.

Entre as condições exclusivas de negociação disponíveis nesta Zera Dívida, estão descontos que podem chegar até 80% do valor final do débito (dependendo da idade da dívida), 100% no valor de juros e multas, parcelamentos flexíveis e utilização de cartão de crédito. Quem optar por pagamentos à vista, terá condições ainda melhores. Os interessados em participar da campanha devem ter em mãos documentos como RG, CPF e o número de matrícula de sua fatura.

Segundo o Gerente Comercial da Águas de Manaus, Wellington Rodrigues, a empresa vai adaptar as condições de acordo com a realidade de cada pessoa. “Estamos disponibilizando as melhores condições de negociação através da Zera Dívida. Essa edição de dezembro é uma oportunidade de resolver pendências e iniciar o ano de 2022 com tranquilidade. Quem procurar a empresa, seja nos atendimentos digitais ou presenciais, vai ter todas as chances para conseguir um acordo e resolver seus problemas”, completou.

ATENDIMENTO VIRTUAL – Quem optar pelos atendimentos nos canais digitais para participar da Zera Dívida, pode acionar qualquer um dos seguintes canais de atendimento, que estão disponíveis 24h por dia e são gratuitos: Call Center 0800 092 0195; Whatsapp (92) 98264-0464; site www.aguasdemanaus.com.br ou no Aplicativo Águas APP (disponível gratuitamente para celulares com os sistemas operacionais IOS e Android). Ainda nos canais digitais, é possível solicitar a visita domiciliar de uma equipe da empresa para negociar. Um colaborador, devidamente identificado, vai até a casa do cliente e realiza o acordo.

 

PONTOS FÍSICOS – A Campanha Zera Dívida também vai funcionar com oito pontos de atendimentos físicos. Quatro deles já funcionam como atendimento da concessionária: Loja Central na Leonardo Malcher (Centro), PAC Sumaúma (Cidade Nova), PAC São José (zona Leste) e PAC Municipal, na Galeria Espírito Santo (rua 24 de maio, Centro). Nestes pontos, é necessário fazer um agendamento prévio no site www.aguasdemanaus.com.br ou no 0800 092 0195. Os horários disponíveis para agendamento nos PAC’s Sumaúma, , São José e Galeria Espírito Santo serão de segunda a sexta, das 8h30 às 13h30. A loja da Leonardo Malcher, funciona de segunda a sexta das 8h30 às 16h30, e sábados das 8h às 11h30.

Além das lojas, a empresa também vai disponibilizar locais exclusivos para as negociações da Zera Dívida, onde não é necessário agendamento. Eles vão reforçar o atendimento para moradores das zonas Norte, Oeste e Leste. Nestes locais, , o atendimento funcionará de segunda a sexta-feira, de 8h às 17h:

Conselho Comunitário do São José II (Rua 11, ao lado da Casa Mamãe Margarida);
– Associação Comunitária do Núcleo 15 da Cidade Nova (Rua 173, número 5, Cidade Nova);
– Associação dos Moradores da Compensa II (rua dos Escoteiros, 02, Compensa II- nas proximidades da escola Eldah Bitton);
– Escola de Samba Sem Compromisso (Avenida Margarita, 1033, Nova Cidade).

Aldeia Tupinambá na zona Leste de Manaus passa a receber água tratada 24h por dia, após duas décadas de existência

Postado por Aegea Manaus em 26/nov/2021 - Sem Comentários

45 famílias indígenas que moram na zona urbana foram beneficiados com trabalho desenvolvido pela concessionária em áreas vulneráveis da capital amazonense

 

O povo tupinambá tem a guerra como um fator de organização social. Por isso, ao longo de sua história, a etnia protagonizou diversas batalhas contra os colonizadores portugueses. As técnicas, rituais e os artefatos desenvolvidos pelos tupinambás sempre chamavam a atenção nos combates. No entanto, essa “vocação para a guerra” quase causou a extinção da etnia.

Em Manaus, no coração da zona Leste, uma comunidade Tupinambá que existe há 20 anos também trava algumas guerras diárias pela sobrevivência e preservação dos costumes da etnia, em meio ao cenário urbano. Localizada no João Paulo 4, bairro Jorge Teixeira, a aldeia São João Batista reúne atualmente 45 famílias, entre Tupinambás e Tukanos.

A área verde nas proximidades da rua Anador, foi ganhando adaptações ao longo das duas décadas de existência. Hoje, ela é procurada principalmente por pessoas enfermas, que buscam nos rituais de cura dos tupinambás, uma solução espiritual para suas doenças. Há uma maloca dentro da comunidade, exclusiva para os rituais, onde a entrada é restrita. O pajé Marcos Tupinambá, que também é o cacique da aldeia, conduz os atendimentos espirituais. Os indígenas da comunidade também fazem artesanatos e pinturas que ajudam na manutenção do espaço.  Além disso, a aldeia São João Batista ainda conta com uma escola que ensina rituais, cantos xamânicos, pinturas, religião e a língua Nheengatu para as crianças da comunidade. Os custos são todos mantidos pela próprios Tupinambás, que seguem estruturando a aldeia dentro do possível.

Desde o início da comunidade, os Tupinambás da aldeia São João Batista travavam uma batalha diária para ter acesso a um direito essencial de todo cidadão: o de ter água potável em suas torneiras. Ao longo dos anos, eles se revezaram entre uma cacimba dentro da aldeia e um sistema de abastecimento com tubulações improvisadas, que “puxava” água de ruas próximas para dentro da comunidade, em condições bem longe das ideais.

No começo do mês de outubro, equipes da concessionária Águas de Manaus conheceram o local e realizaram um trabalho que transformou definitivamente a vida dos moradores da aldeia urbana. Foram implantados quase 200 metros de tubulações regulares de água, hidrômetros, cavaletes e toda estrutura necessária para abastecer a comunidade 24 horas por dia com água tratada de qualidade.

O fato de abrir a torneira e ter água disponível a qualquer hora do dia é celebrado pelo pajé Marcos Tupinambá. “Antes, usávamos uma estrutura precária para conseguir garantir o mínimo de água. Comprávamos hipoclorito pra colocar na cacimba para melhorar um pouco, mas era longe do ideal. Tudo isso mudou após o trabalho da empresa aqui. Hoje, temos água na comunidade o dia inteiro. E ela é realmente limpa e livre de qualquer tipo de doença. Só posso dizer Kuekatu reté, que significa ‘muito obrigado’ em nossa língua”, disse o pajé.

TRABALHO EM ÁREAS VULNERÁVEIS – Uma das principais frentes de trabalho da Águas de Manaus na cidade é o de levar água tratada até as regiões vulneráveis, que não contavam com abastecimento regular, como é o caso da aldeia São João Batista. Mais de 114 quilômetros de redes de água já foram implantados pela empresa em regiões semelhantes de 51 bairros da cidade, beneficiando aproximadamente 120 mil moradores de becos, palafitas, escadões, rip-rap e áreas de ocupação recentemente regularizadas.

Além da água tratada, a concessionária também garantiu a Tarifa Manauara para todos os moradores da Aldeia urbana. O benefício concede 50% de desconto nas faturas. O gerente de responsabilidade social da Águas de Manaus, Semy Ferraz, ressalta a importância desse trabalho em áreas vulneráveis. “Regularizar o abastecimento de locais como a aldeia Tupinambá São João Batista é uma forma de promover justiça social, dignidade e garantir uma melhor qualidade de vida para as pessoas que vivem ali. Água tratada é saúde. A empresa seguirá trabalhando para garantir que toda população tenha acesso aos serviços de saneamento básico”, garantiu Semy.

Novas unidades de produção de água serão entregues até dezembro. Juntas, elas garantem mais de 5,2 milhões de litros de água por dia

Postado por Aegea Manaus em 25/nov/2021 - Sem Comentários

Novos Centros de Produção de Águas Subterrâneas (CPAS) reforçam o abastecimento em zonas de expansão da cidade

 

 

Com o objetivo de reforçar o abastecimento de água tratada na cidade, especialmente em áreas que passaram recentemente por processos de expansão, a Águas de Manaus está implantando três Centros de Produção de Águas Subterrâneas (CPAS), localizados nos Conjuntos João Paulo II Suhab (Nova Cidade), Renato Souza Pinto (Cidade Nova) e Parque dos Buritis (Nova Cidade).

 

As três novas unidades terão capacidade de produzir 5,2 milhões de litros de água por dia, um volume que poderia, por exemplo, abastecer mais de 10 mil caixas d’água de 500 litros diariamente. Os novos CPAS entram em operação plena até o fim do ano e vão beneficiar uma população de mais de 6 mil moradores da cidade.

O CPAS é um sistema formado por bombas, poço tubular profundo (em média, com 200m) e reservatório, que distribui água para regiões localizadas em pontos distantes das quatro estações que captam água do Rio Negro em Manaus (que ficam na Ponta do Ismael I e II-Compensa, Mauazinho e Ponta das Lajes-Col. Antônio Aleixo).

 

Com os novos poços tubulares profundos entrando em atividade, o abastecimento de água nos conjuntos interligados aos CPAS ganha um reforço. A maior oferta de água tratada reduz os impactos de serviços emergenciais nestas regiões. “Identificamos casos em que o sistema foi planejado para atender um número de moradores, mas, por conta da rápida expansão destas áreas, ele estava sobrecarregado. Com os novos CPAS, vamos ampliar a oferta de água nestes locais e resolver questões como essas”, explicou Diogo Freitas, gerente de operações da concessionária.

 

BENEFÍCIOS – O poço do Renato Souza Pinto já entrou em operação. Ele tem capacidade de produzir 20 litros de água por segundo (72 mil litros/hora) e atende uma população aproximada de 3 mil moradores do Conjunto. A unidade recebeu uma reforma completa nos sistemas elétrico e mecânico, além de novos equipamentos como bombas e tubulações. “A reativação desse poço foi uma grande vitória para nossa comunidade. As ocorrências de falta de água diminuíram bastante e temos uma água de qualidade em todas as torneiras”, disse o líder comunitário Aithirson Nobrega.

 

Nas últimas semanas, o CPAS do Conjunto João Paulo II, no Nova Cidade, entrou em plena operação. Além do poço tubular, com capacidade de produzir 72 mil litros de água por hora, a unidade também ganhou um reservatório que armazena 260 mil litros de água tratada, para atender mais de 2,3 mil moradores da região. O CPAS João Paulo II Suhab ainda conta com sistemas de automação e telemetria, que permitem o monitoramento em tempo real do abastecimento na área.

 

A região do Nova Cidade ainda ganhará mais um CPAS até o fim do ano, no Conjunto Parque dos Buritis. A unidade está em fase de perfuração. O poço tubular profundo terá capacidade de produzir cerca de 80 mil litros de água por hora.

 

PROGRAMA + ÁGUAS – A revitalização dos Centros de Produção de Águas Subterrâneas (CPAS), é mais uma melhoria promovida pelo programa “+ Águas”, lançado pela concessionária no início do segundo semestre. A empresa projeta investir mais de R$ 105,6 milhões nos próximos dois anos na modernização do sistema de abastecimento da cidade.

 

Mais de 30 áreas da cidade, entre conjuntos e novos bairros, receberão as obras de criação de infraestrutura de água. Estão previstos ainda, mais de 260 km de novas redes de água tratada. Além disso, obras e iniciativas que garantem o controle de qualidade, gestão energética, redução de perdas e abastecimento de água na casa das famílias serão realizadas em todas as regiões de Manaus.

Santa Etelvina e Viver Melhor III e IV recebem equipes da Águas de Manaus com serviços de melhorias e regularização no abastecimento de água a partir dessa semana

Postado por Aegea Manaus em 23/nov/2021 - Sem Comentários

Pontos de Atendimento foram montados na região e vão oferecer serviços da concessionária, entre eles, a renegociação de débitos em condições flexíveis, mudança de titularidade e cadastro na Tarifa Manauara

 

O programa Vem Com a Gente, da Águas de Manaus, avança com serviços de melhorias na zona Norte da cidade. Desta vez, os mais de 60 mil moradores do bairro Santa Etelvina e conjuntos Viver Melhor III e IV receberão as visitas das equipes da concessionária para verificação de irregularidades, substituição e instalação de hidrômetros, novas ligações, extensões de redes de água tratada, troca de titularidade e muito mais.

O programa, que já passou por 50 bairros de Manaus, também monta pontos de atendimento itinerante bem pertinho da população, para receber as demandas que surgirem dos clientes. Neles, são possíveis realizar serviços como negociação de débitos em condições flexíveis, mudança de titularidade, religação de água, cadastro na Tarifa Manauara, benefício que concede 50% de descontos nas contas de água, dentre outros.

Os Pontos de Atendimento funcionam de segunda a sexta-feira, de 8h às 17h, nos seguintes endereços:

  • No Conjunto Viver Melhor III – Rua Janira, s/nº – bairro Montes das Oliveiras;
  • No Conjunto Viver Melhor IV – Rua 1, bloco 1 – bairro Colônia Terra Nova; e,
  • Na Escola Estadual Arthur Virgílio Filho (Estacionamento) – Rua: Nossa Senhora de Fatima, 69, bairro Santa Etelvina, que tem a disponibilização do serviço Pague Fácil, onde é possível pagar sua fatura de água utilizando o cartão de débito, crédito ou dinheiro.

Com as regularizações e melhorias no fornecimento de água tratada, mais de 15 mil famílias do Santa Etelvina, Viver Melhor III e Viver Melhor IV serão beneficiadas. Para o coordenador do programa Waldiney Lima, o legado que o Vem Com a Gente está deixando para a cidade, vai além de estrutura física, é de dignidade e qualidade de vida.

“Quando entramos com nossas equipes nos bairros, estendemos nossas redes de água tratada até a porta do morador. Não importa se é beco, palafita ou rip-rap, nós chegamos. E não é só uma rede, é dignidade com um comprovante de residência, é saúde, com a água tratada e é dignidade para nossa população. Isso é estar perto para ouvir e solucionar as demandas da nossa gente”, disse.

EM TODA CIDADE – O programa Vem Com a Gente chega ao 51º bairro e já foram visitados mais de 410 mil imóveis, beneficiando 1,6 milhão de pessoas na cidade. Até o fim de 2022, o programa deve concluir as visitas em todos os bairros da capital amazonense.

Ao chegar no bairro, as equipes do VCG vão de rua em rua para identificar e executar que serviços de melhorias podem ser feitos. No caso das vistorias, é necessário realizar intervenções nas calçadas das residências. A empresa, porém, recupera as escavações e realiza a recomposição da calçada em um prazo médio de 48h, inclusive, recolocando as cerâmicas quando houver necessidade.

Além das melhorias, o programa “Vem Com a Gente” leva dignidade para a população da cidade. Entre elas está o serviço de extensão de rede, que garante água tratada em áreas de palafitas e becos que antes não contavam o abastecimento regular. Nestas regiões de vulnerabilidade, mais de 121 mil pessoas já foram beneficiadas e mais de 114 quilômetros de novas redes implantadas.

Mutirão em parceria com Prefeitura insere beneficiários do Bolsa Família na Tarifa Manauara

Postado por Aegea Manaus em 22/nov/2021 - Sem Comentários

Ação voltada para famílias vulneráveis realizou cadastros na Tarifa Manauara, benefício garante 50% de desconto nas contas de água

 

Uma força-tarefa para atualização do Cadastro Único (CadUnico) foi realizado neste fim de semana, em Manaus. Por meio da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), mais de 300 famílias, convocadas pelo órgão, puderam ficar em dia com as exigências de programas governamentais e ainda solicitar gratuitamente o cadastro na Tarifa Manauara de água e esgoto, benefício que garante 50% de desconto na fatura, para famílias de baixa renda.

O mutirão foi o primeiro, de uma parceria entre Prefeitura de Manaus e a concessionária Águas de Manaus, para intensificar o número de famílias assistidas pela Tarifa Manauara. A doméstica Rayane Arnolfo da Silva, de 28 anos, moradora do João Paulo II, no Jorge Teixeira, zona Leste da capital, foi uma das pessoas convocadas pela equipe da Semasc para regularizar a situação do CadÚnico e aproveitou a oportunidade para solicitar o benefício da Tarifa.

“Eu tenho ligação de água, fiquei desempregada e deixei acumular algumas contas, mas já negociei meus débitos. Agora vim atualizar meu CadÚnico e aproveitei para solicitar a Tarifa Manauara, um desconto que vai representar muito pra mim, principalmente porque vivo de bico e faço faxina”, disse.

PARCERIA –  A Tarifa Manauara é um benefício importante para a população mais vulnerável e para o subsecretário operacional e de Assistência Social da Semasc Eduardo Lucas, o mutirão ajuda nesse acesso, pois, além da centralização de forças com o objetivo de atender ao maior número possível de pessoas de forma rápida, há de forma integrada, a possibilidade da pessoa sair com o benefício permanente de desconto em 50% da Tarifa de água e esgoto.

“Hoje concluímos mais um dia de mutirão de atendimento à população da cidade de Manaus que está inscrita no Bolsa Família e CadÚnico. As pessoas agendadas vieram pra cá e concluíram suas atualizações para continuarem com direito a todos os programas de transferência de renda do governo e também, na possibilidade de cadastro na Tarifa Manauara da Águas de Manaus. Uma parceria muito exitosa que só beneficia nossa população”, disse o subsecretário.

Para o gerente de responsabilidade social da Águas de Manaus, Semy Ferraz, o mutirão de parceria com a Semasc, dá a possibilidade se ampliar o benefício para proteger ainda mais famílias que vive em situação de vulnerabilidade.

“Ações como essa são muito importantes, e nessa parceria da Águas de Manaus com a Semasc, por meio da Prefeitura de Manaus, conseguimos ampliar o benefício a mais famílias que realmente precisam ser protegidas. Finalizamos esse primeiro mutirão, com grande avanço no cadastramento e na meta de chegarmos a 100 mil famílias beneficiadas com a Tarifa Manauara”, ressalta o gerente.

TARIFA MANAUARA – A Tarifa Manauara foi lançada no fim de outubro pelo prefeito David Almeida. Todos os cadastrados no programa pagam apenas 50% do valor da fatura e podem consumir até 15 mil litros de água tratada por mês, um volume equivalente a utilização de 30 caixas de água de 500 litros, durante 30 dias.

Para solicitar a Tarifa Manauara, basta que o titular da fatura esteja cadastrado em programa social do Governo Federal, tenha o CadÚnico e que procure a concessionária. Além disso, outros requisitos são necessários: ser cliente residencial, ser o titular da ligação de água (proprietário ou inquilino), possuir uma ligação com hidrômetro, sem violação, ou fraude e estar em dia com a concessionária. Após a solicitação, as equipes da empresa realizam análise dos dados para a liberação do benefício.

Atualmente, mais de 76 mil famílias já recebem o benefício. O objetivo do programa Tarifa Manauara é chegar a 100 mil famílias cadastradas até o fim do ano, beneficiando aproximadamente 500 mil pessoas. Com isso, Manaus se tornará a capital do país com maior número de beneficiários na tarifa social de água per capita. Para atingir o objetivo, Prefeitura e Águas de Manaus criaram um comitê para acelerar o Programa. O grupo é composto pela Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman), Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), Unidade Gestora de Projetos Municipais de Abastecimento de Água e Esgotamento Sanitário (UGPM-Água), e pela empresa concessionária.

COMO SOLICITAR – Além dos mutirões pré-agendados pela Semasc, quem deseja solicitar ou tirar dúvidas sobre a Tarifa Manauara deve procurar os canais oficiais de atendimento da Águas de Manaus, que funcionam 24 horas por dia. O cliente pode entrar em contato pelo WhatsApp, 98264-0464; SAC – 0800-092-0195; serviço on-line, www.aguasdemanaus.com.br; ou pelo aplicativo Águas APP, gratuito para qualquer smartphone.

COMUNICADO – Falta de Energia Elétrica afeta Sistema Hidráulico Alvorada e Mundo Novo

Postado por Aegea Manaus em 20/nov/2021 - Sem Comentários

Manaus, 20 de novembro de 2021 – A Águas de Manaus informa que, devido às fortes chuvas dessa madrugada ocorreu oscilação no fornecimento de energia elétrica, os Sistemas Alvorada e Mundo Novo passam por instabilidades, com isso, o abastecimento de água em algumas áreas das zonas zona Oeste, Centro Oeste e Norte está sendo afetado.

As equipes da concessionária atuam nos locais e a previsão é de que o abastecimento de água esteja completamente normalizado até o final da noite desde sábado (20).

A Águas de Manaus segue disponível para dúvidas ou solicitação de qualquer tipo de serviço, nos canais SAC 0800-092-0195 ou WhatsApp 98264-0464. O atendimento é gratuito e está disponível 24h.

 

Bairros/Conjuntos afetados:
Conj Ouro Verde | Ajuricaba | Alvorada I | Alvorada II | Augusto Monte Negro | Bairro União | Conj. Vista Bela | Belvedere | Conj Aruanã | Conj Canaã | Conj Eucalypto | Conj Jardim Portugal | Flamanal | Jardim Versalhes | Lírio do Vale I | Lírio do Vale II | Nova Esperança | Redenção | Conj Ipase | João Bosco | Alvorada III | Conj Aripuanã | Conj Déborah | Conj Itapuã | Conj Kissia | Conj Murici | Conj Parque das Samambaias | Conj Tropical | Conj Uirapuru | Dom Pedro I | Dom Pedro II | Sta Terezinha | Boas Novas | Cidade Nova II | NSra Perpétuo Socorro | Renato Souza Pinto II | Riacho Doce I | Riacho Doce II | Riacho Doce III | Núcleo 10 | Núcleo 11 | Núcleo 12 | Núcleo 13 | Núcleo 14 | Núcleo 5 | Núcleo 6 | Núcleo 7 | Núcleo 8 | Núcleo 9 | Fazendinha | Vila Real | Águas Claras | Núcleo 15 | Núcleo 16 | Núcleo 2 | Núcleo 3 | Núcleo 4 | Celebridade | Cond Alegro | Cond Conquista Torquato | Jesus Me Deu | Lot América do Sul | Lot Canaã | Monte Sinai | Novo Israel | Terra Nova I | Terra Nova II | José Bonifacio | Vale do Sinai | Conj Hileia I | Conj Hileia II | Santos Dumont | Conj Ajuricaba | Americo Medeiros | Campo Dourado | Conj Sergio Pessoa Neto | Osvaldo Frota | Ribeiro Junior | Aliança com Deus | Conj Galileia I | Conj GalileiaII | Nova Cidade | Raio de Sol | Conj Vila da Barra | Comunidade Luis Otavio | Comunidade Peniel | Lot Agnus Dey | Lot Fortaleza | Lot Raquel | Monte Cristo | Monte Pascoal | Parque Florestal | Sta Tereza | Vista Alegre | Vitoria Regia | Cidadão XII | Comunidade Nobre | Conj Boas Novas | Conj Ozias Monteiro | Beija Flor I | Beija Flor II | Beija Flor III | Beija Flor IV | Conj Rio Maracanã | Conj Sargento | Conj Sta Cruz | Conj Subtenente | Cidadão VI | Conj Alphaville | Conj Ayapuá | Conj Itaporanga II | Conj Vila Verde I | Conj Vila Verde II | Jardim das Américas | Jardim Europa | Resd Turim | Santo Agostinho | Vera Cruz | Parque Sta Etelvina | União da Vitoria | Sta Marta | Terra Nova III | Conj Renato Souza Pinto I | Conj Omar Aziz | Conj Américo Medeiros | Conj Campos Eliseos | Conj Canaranas | Conj Manoa | Parque Eduardo Braga | Conj Francisca Mendes | Monte das Oliveiras | Conj Mundo Novo | Parques das Nações | Cond Ideal Flores | Cond Jardim de Flores | Cond Smile Parque das Flores | Conj Carlos Braga | Comunidade Monte Cristo | Ponta Negra | Santa Etelvina I | Santa Etelvina II | Cond Smart Tapajós | Lot São Luiz | Rio Piorini | Lot America do Sul | Lot Canaa | Conj Rio Maracana e João Paulo Suhab 4ª Etapa.

Mais de 100 mil famílias podem ter acesso ao benefício da Tarifa Manauara; saiba como se inscrever

Postado por Aegea Manaus em 17/nov/2021 - Sem Comentários

Benefício garante 50% de desconto nas Tarifas de Água e Esgoto para famílias cadastradas no Bolsa Família

 

Com desconto de 50% no valor da fatura de água e esgoto, o benefício da Tarifa Manauara é concedido às famílias que vivem em situação de vulnerabilidade na capital amazonense. Atualmente, mais de 76 mil famílias estão cadastradas no programa e o objetivo é proteger mais de 100 mil famílias com o benefício, até o final do ano.

A artesã Joana D’Arck Cruz da Silva, de 39 anos, mora com sua família no conjunto Viver Melhor II, no bairro Monte das Oliveiras, é beneficiária do programa e o desconto na fatura tem ajudado no orçamento da casa.

“O benefício da Tarifa Manauara representa economia, algo tão importante pra gente nesse momento. A gente paga menos na conta de água pra sobrar mais em casa, para comprar as coisas que faltam e o que comer”, disse a artesã Joana D’Arc Cruz da Silva de 39 anos.

Outras famílias que moram em Manaus e são de baixa renda também podem ter acesso ao benefício da Tarifa Manauara de Água e Esgoto, basta que o titular da fatura esteja cadastrado em programa social do governo e tenha um consumo de até 15 metros cúbicos, ou seja, o equivalente a utilização de 30 caixas de água de 500 litros, durante o mês. As solicitações podem ser feitas pelo WhatsApp 0800 092 0195. 

Para o diretor-presidente da Águas de Manaus, Thiago Terada, a Tarifa Manauara representa, além da economia no orçamento, uma ação de proteção para as famílias mais vulneráveis da capital.

“Estamos avançando com a Tarifa Manauara, e é importante que as pessoas que se encontram em situação de vulnerabilidade solicitem a inclusão no programa por meio de nossos canais de atendimento. Dessa forma, promovemos justiça social e protegemos nossa população. E tão logo transformaremos Manaus, na capital com o maior número de beneficiados com a Tarifa Social do país”.

Mutirões – Para acelerar o acesso da população ao programa, a concessionária, em parceria com a Prefeitura de Manaus, Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman), Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), Unidade Gestora de Projetos Municipais de Abastecimento de Água e Esgotamento Sanitário (UGPM-Água), por meio de um comitê técnico, realizará nas próximas semanas, em data à definir, dois mutirões para cadastro na Tarifa Manauara, que vai intensificar o número de cadastrados e tirar as dúvidas da população quanto ao serviço.

Proteção – Nos últimos três anos, a concessionária tem tido um olhar diferenciado para a população vulnerável de Manaus, prova disso, são as ações da empresa em estender mais de 110 km de novas redes para fornecer água tratada a moradores de becos, palafitas, escadões e rip-raps em mais de 50 bairros, que por anos, não contavam com abastecimento regular.

Como ter acesso? –  Para ter direito ao benefício, o titular da conta precisa apenas estar inscrito no Cadastro Único (Cad Único), do Governo Federal com o Bolsa Família. Após a solicitação, as equipes da empresa realizam análise dos dados para a liberação do benefício. A família passará a ter o desconto de 50% no valor da fatura, desde que não ultrapasse o consumo de 15 mil litros de água por mês.

Requisitos para solicitar o benefício:

  • Ser cliente da classe residencial;
  • Ser titular da ligação de água, proprietário, possuidor legítimo ou inquilino;
  • Estar inscrito no Programa Bolsa Família do Governo Federal;
  • Possuir ligação de água hidrometrada, sem violação, adulteração ou fraude.

E para quem não tem ligação de água e quer aderir ao programa, é garantida a isenção do valor do serviço da primeira ligação domiciliar, sendo permitida, apenas uma ligação por usuário.


Quais os documentos necessários para o cadastro?

  • Número de Inscrição no Programa Bolsa Família (NIS);
  • Documentos que comprovem a titularidade da ligação de água;
  • RG;
  • CPF.


Como solicitar o benefício?

Além dos mutirões, o aceso à Tarifa Manauara pode ser feito gratuitamente pelos canais oficiais de atendimento da Águas de Manaus, que funcionam 24h por dia. O cliente pode entrar em contato pelo SAC ou WhatsApp que funcionam no mesmo número: 0800 092 0195, Serviços Online em www.aguasdemanaus.com.br ou aplicativo Águas APP, gratuito para qualquer smartphone.

COMUNICADO: Parada Programada no sistema que abastece o Cj Renato Souza Pinto I

Postado por Aegea Manaus em 12/nov/2021 - Sem Comentários

Manaus, 12 de novembro de 2021 – Devido a manutenção elétrica, a Águas de Manaus informa que o Sistema que abastece o conjunto Renato Souza Pinto I, será temporariamente paralisado nessa terça-feira (16), de 10h às 12h. A atividade poderá provocar oscilações e baixa pressão no abastecimento de água tratada ao longo do dia. A previsão é que o fornecimento de água retorne de forma gradual, ou seja, aos poucos, imediatamente após a conclusão do serviço.

A concessionária recomenda que a população reserve água e utilize o recurso de forma moderada durante o período, priorizando o consumo humano e as atividades essenciais. A Águas de Manaus solicita a compreensão da população e informa que, em casos emergenciais, o contato deve ser feito via 0800-092-0195 ou WhatsApp 98264-0464. O atendimento é gratuito e está disponível 24h.

Águas de Manaus e Prefeitura vão assinar termo para manutenção de sistema na praia Ponta Negra

Postado por Aegea Manaus em 12/nov/2021 - Sem Comentários

Um termo de intenções começou a ser construído, nesta sexta-feira, 12/11, pela Prefeitura de Manaus e a concessionária Águas de Manaus, para promover melhorias no sistema de esgotamento da praia da Ponta Negra. Atualmente, o sistema é composto por quatro elevatórias e a estação de tratamento e lançamento. O objetivo inclui, também, melhorar a qualidade da balneabilidade da água no parque.

A reunião foi realizada com o diretor-presidente do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), engenheiro Carlos Valente, equipes da concessionária e da Unidade Gestora Águas (UGPM), vinculada à Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf).

“Vamos firmar um termo de intenções, para executar o recebimento de todo o sistema de esgotamento da praia. Esse é o processo inicial, em que a Águas de Manaus vai começar a assumir a operação, provisoriamente, até entender todas as melhorias que precisam ser executadas. Após isso, serão realizadas as obras necessárias, para garantir a eficiência no tratamento. E, na sequência, haverá um termo de recebimento provisório, seguido de um definitivo e de operação”, explicou o engenheiro da concessionária, Ary Laydner.

A Águas de Manaus é a concessionária da capital para abastecimento de água e esgotamento. E no parque Ponta Negra, para a futura gestão e melhorias, serão feitas vistorias e visitas para identificar as intervenções necessárias.

O engenheiro Carlos Valente lembrou que com o tempo é necessário fazer revisões e ajustes no sistema e a reunião é o início de uma tratativa para celebrar os termos, tendo como objetivo a modernização e adequação do sistema de coleta e tratamento às novas demandas do complexo.

“O parque tem uma dinâmica e, com o passar da pandemia, terá uma frequência maior de público e usuários, precisando se adiantar nas demandas operacionais”, comentou.

Para Arone Bentes, da UGPM Águas, a concessionária tem a expertise necessária para o tema e a Prefeitura de Manaus se integra para oferecer qualidade nos serviços à população. Até o final do mês a empresa de águas deve ter um plano e cronograma, além da minuta do termo.

No dia Nacional pela Universalização do Saneamento Básico, Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (ABES) promove palestra gratuita sobre o setor em Manaus

Postado por Aegea Manaus em 10/nov/2021 - Sem Comentários

Evento acontece nesta quinta-feira (11), às 9h, no Aleixo e tem como tema “Quanto vale cada real investido em saneamento no Brasil?”

Nesta quinta-feira (11), é celebrado o Dia Nacional pela Universalização do Saneamento Básico. A data sempre levanta uma série de discussões sobre o tema. Em Manaus, ela será celebrada com um evento gratuito promovido pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – Seção Amazonas (ABES-AM). A palestra com o tema “Quanto vale cada real investido em saneamento no Brasil?”, acontece a partir das 9h, no auditório da Águas de Manaus (Avenida André Araújo, 1981, Aleixo), reunindo especialistas de outras entidades ligadas ao tema. A concessionária é parceira da ABES-AM no evento.

A apresentação será feita pela diretora da ABES-SP, Juliana Almeida Dutra, uma das autoras do livro com o mesmo título, escrito conjuntamente com Rafaella Scorsatto Lange. As vagas para a palestra são limitadas, obedecendo aos protocolos sanitários e podem ser realizadas neste link: https://forms.gle/Bw2fqAt56Z8ZRzi8A

 

O objetivo do debate é refletir a visão das autoras do livro no “Quanto vale cada real investido em saneamento no Brasil?”, lançado no 31º Congresso da ABES, realizado em Curitiba, em outubro, no qual o saneamento é descrito como uma ferramenta de inclusão social poderosa. Para as autoras, o acesso a água potável e esgoto tratado proporciona não somente uma melhoria significativa na saúde, mas também uma mudança de vida e dignidade das pessoas que se beneficiam desse serviço.

A obra é fruto de um ano de pesquisas e mais de 4 mil pessoas entrevistadas. A autora Juliana Dutra, que estará em Manaus, disse que a proposta é abordar formas diferentes de olhar para o saneamento. “Áreas da vida como lazer, saúde, educação, relacionamento social, carreira e finanças nunca foram consideradas nos cálculos de benefícios das ligações de água e esgoto. Fizemos isso em nossa pesquisa e chegamos ao número de que cada real investido em saneamento gera um benefício de R$29,19 para a sociedade em diversos aspectos. Esse é o ponto inicial do debate que vamos promover em Manaus”, disse.

A presidente da ABES Amazonas, Etianne Braga, reforça a importância da discussão do tema. “Investir em saneamento é compromisso com a nossa sociedade, portanto um tema bastante relevante que merece ser debatido e aprofundado”, disse Etianne.

O diretor-presidente da Águas de Manaus, Thiago Terada, fará a abertura do evento, mostrando a forma que a concessionária tem tratado o saneamento da cidade nos três anos de atuação na capital. “O saneamento básico representa saúde, qualidade de vida, dignidade. Temos realizados melhorias diárias em Manaus, avançando na cobertura de água e de esgotamento. Esses eventos são uma ótima oportunidade de debater com as entidades e população, novos projetos que beneficiem Manaus”, disse.

 

CLIQUE AQUI PARA SE INSCREVER NO EVENTO